Nevasca em Fukui: apagão e JAF pede para evitar sair de carro

O acúmulo de neve foi bem maior do que a média normal e as temperaturas caíram para abaixo de zero.

A cidade de Fukui amanheceu branca de neve (NHK)

A nevasca na terça-feira (24) na província de Fukui causou acúmulos. Nas 24 horas até as 11h de quarta-feira (25) foram constatados 33cm em Kuzuryu na cidade de Ono, 26m em Ono, 20cm em Obara, 16cm em Fukui e na cidade praiana de Tsuruga, e 13 em Takefu. 

Publicidade

Não foi diferente nas províncias vizinhas, as quais tiveram acúmulos acima da média normal como em Shirayama de 25cm e Kanazawa de 12cm, ambas de Ishikawa. Na cidade de Toyama (província homônima) foram constatados de 20 a 38 centímetros de acúmulo de neve dependendo do ponto da capital.

As temperaturas tiveram queda e os registros na manhã de quarta-feira (25) foram de -7,1ºC em Katsuyama, -4,4ºC na cidade de Fukui e -2,9ºC em Tsuruga, bem abaixo da média normal.

Houve interrupção no fornecimento de energia elétrica na cidade de Sakai (Fukui), a partir das 18h de terça-feira, deixando 110 casas sem eletricidade.

De dia a província parece estar com uma pausa da queda de neve, mas deverá continuar especialmente nas regiões montanhosas.  

Embora os alertas emitidos já foram retirados, o Observatório Meteorológico chama a atenção para forte nevasca até a noite de quarta-feira. Também pede cautela contra fortes rajadas de vento, relâmpagos e tornados.

No começo da tarde de quarta-feira a Japan Automobile Federation (JAF) de Fukui pediu aos motoristas que evitem sair sem necessidade. A central de atendimento não vence atender aos pedidos de socorro de motoristas cujos carros ficaram encalhados.

A JAF de Fukui teve que pedir à unidade de Aichi para enviar pessoal para apoio, a fim de atender os casos.

Assista ao vídeo com imagens da cidade de Fukui, na manhã de quarta-feira.

Fontes: Fukui Shimbun e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Nevasca em Shimane: feridos e transporte coletivo afetado

Publicado em 25 de janeiro de 2023, em Tempo

A nevasca que caiu sobre Shimane causou feridos. A via expressa que estava fechada foi reaberta na quarta-feira.

Neve intermitente em Shimane, na terça-feira (NHK)

O pico da nevasca em Shimane, desde terça-feira (24), parece ter passado, mas agora o problema é o congelamento da superfície das rodovias e acidentes. 

Publicidade

Na manhã de quarta-feira (25), um homem na faixa dos 30 anos, residente em Okuizumo, se feriu ao fazer a remoção da neve acumulada e perdeu 2 dedos, segundo informação do Corpo de Bombeiros.

Em Izumo, muitas pessoas levaram escorregões por causa da neve nas calçadas e 5 delas ficaram feridas, por isso, foram levadas ao hospital pelas ambulâncias.

Transporte coletivo afetado 

A JR informou que os trens das linhas da província de Shimane estão com a operação suspensa na quarta-feira.

As companhias de ônibus com destino a outras províncias também suspenderam a operação e, as linhas dentro da província estão operando com atraso.

O aeroporto também está fechado, assim como todos os ferries estão com operação suspensa.

A via expressa Hamada estava com o trecho Asahi (Shimane) a Chiyoda (Hiroshima) fechado, mas reabriu às 13h31.

Às 14h10 de quarta-feira fotos das rodovias 431 à esq. e 184 à dir. (Roadi Shimane)

Fonte: NHK 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros