Criança esquecida no ônibus: motorista desatento

Criança do primário foi esquecida no ônibus. Motorista não verificou adequadamente.

Imagem: ANN

Um menino da segunda série do shogakko foi esquecido dentro de um ônibus escolar na cidade de Toyooka (Hyogo).

Publicidade

De acordo com o Conselho de Educação da cidade, o ônibus escolar deixou a Escola Primária Takeno na cidade de Toyooka por volta das 15h do dia 22 e deixou 16 crianças em seus respectivos destinos.

Um menino da segunda série que deveria descer na última parada estava dormindo no banco de trás. Mas, o motorista verificou visualmente o interior do veículo, a partir do banco do motorista, e se dirigiu para a garagem, acreditando que todos haviam descido.

Cerca de 20 minutos depois, o menino acordou e apertou o botão para descer do ônibus, percebendo que não estava aonde deveria descer.

O menino não teve nenhum problema e foi devolvido aonde deveria ter descido.

A empresa responsável Zentan Bus, que opera a linha de ônibus, informou: “A causa deste incidente foi que a regra de patrulhamento até a última fila não foi seguida”.

Fonte: ANN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Toyota e Honda acatam propostas de aumentos salariais, as maiores de 20 e 30 anos

Publicado em 23 de fevereiro de 2023, em Economia

As propostas foram feitas pelos sindicatos dos trabalhadores das duas montadoras, as quais decidiram extraordinariamente rápido essa chamada batalha de primavera.

Linha de montagem da Honda (JNN)

A chamada batalha de primavera (春闘, lê-se shunto) acontece anualmente e se refere às negociações entre os sindicatos dos trabalhadores das empresas e o lado patronal, para definição dos aumentos salariais do novo ano fiscal.

Publicidade

Este ano os sindicatos dos funcionários das duas montadoras, Toyota e Honda, nem precisaram entrar em negociações acirradas como costuma acontecer. 

O sindicato trabalhista da Toyota exigiu um aumento salarial mensal de até 9.370 ienes mensais, dependendo da ocupação e da classe. A Toyota Motor considerou responder rapidamente ao pedido do sindicato com o valor integral, sem negociações. É o maior nível dos últimos 20 anos.

Em relação à outra montadora, a Honda, a decisão foi tomada já na segunda rodada de negociações e o lado patronal acatou os pedidos do sindicato trabalhista. Assim, o salário-base mensal terá aumento de 12,5 mil ienes e o aumento periódico, em geral uma vez ao ano, a partir de abril, ficou definido em 19 mil ienes mensais por funcionário.

Foram os maiores aumentos concedidos nos últimos 30 anos da Honda.

“Concordamos com o sindicato que é necessário criar um ambiente onde possamos nos concentrar nos esforços de reforma removendo a ansiedade sobre o custo de vida devido ao rápido aumento dos preços”, disse um dos diretores da Honda Motor.

As duas montadoras responderam extraordinariamente rápido aos pedidos dos sindicatos dos trabalhadores, sem entrar em largas rodadas de negociações.

Fontes: ANN e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!