Forte terremoto no Afeganistão abala também o Paquistão e causa centenas de feridos e 11 mortes

Um forte terremoto perto da fronteira do Afeganistão causa feridos e mortes, além dos danos materiais pelos colapsos.

Cena de um colapso de edifício (Deccan News)

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) informou sobre a ocorrência de um forte terremoto no Afeganistão, de magnitude 6,5, a 40 quilômetros de Jurm, quase na fronteira com o Tajiquistão e Paquistão, a 187,6km de profundidade, à 1h47 de quarta-feira (22) no horário de Tóquio ou 20h47 no horário de Cabul.

Publicidade

Segundo o jornal The Guardian, pelo menos 9 pessoas morreram pelos colapsos e mais de 100 pessoas do Paquistão foram transportadas feridas para os hospitais. Outras dezenas de pessoas se feriram no Afeganistão e foram confirmadas 2 mortes.

O ponto azul mostra o epicentro (USGS)

O forte tremor de 30 segundos levou muitas pessoas a fugir de suas casas e escritórios na capital do Paquistão, Islamabad, algumas recitando versos do Alcorão, o livro sagrado do Islã. Relatos das mídias informam que rachaduras apareceram em alguns prédios de apartamentos da cidade.

A cena se repetiu em Cabul e em outras partes do Afeganistão.

Assista a um vídeo publicado no YouTube com cenas dos tremores.

Fontes: NHK, CNN Japan, The Guardian, Deccan News e USGS

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Benefícios de 30 mil e 50 mil ienes confirmado dentro do pacote de medidas contra o aumento de preços

Publicado em 22 de março de 2023, em Política

O governo japonês confirmou o pacote de contramedidas por causa dos aumentos dos preços, incluindo 2 benefícios.

Foto ilustrativa de um maço de cédulas de 10 mil ienes (Flickr)

Na terça-feira (22) foi confirmado que o governo japonês irá gastar a verba da contingência orçamentária deste ano fiscal, de mais de 2 trilhões de ienes, nas medidas para amenizar os aumentos de preços. Os pilares dessa iniciativa incluem benefícios para as famílias de baixa renda e subsídio ao gás liquefeito de petróleo.

Publicidade

Desse valor, 1,2 trilhão de ienes serão destinados ao subsídio extraordinário para revitalização regional que pode ser usado a critério do governo local.

Cerca de 700 bilhões de ienes serão usados ​​para reduzir a carga sobre o gás liquefeito de petróleo, e os 500 bilhões de ienes serão usados ​​para oferecer o benefício de 30 mil ienes para as famílias de baixa renda, isentas do imposto municipal.   

Além disso, o governo pretende oferecer um benefício extra de 50 mil ienes por criança dessas famílias de baixa renda, com verba de cerca de 200 bilhões de ienes. Ainda não há informação sobre a faixa etária alvo desse benefício.

A reunião decisiva foi realizada sem a presença do primeiro-ministro Fumio Kishida, que está retornando da viagem à Ucrânia. O secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, chefe interino da sede, pediu aos ministros relevantes que tomem todas as medidas possíveis.

Fontes: ANN e Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!