Mochilas escolares leves estão em destaque no Japão

Mochilas pesando menos de 1Kg são populares, já que as crianças precisam carregar dispositivos eletrônicos, além de livros e outros itens escolares.

Na imagem, a tradicional randoseru (ilustrativa/banco de imagens)

Vendas de mochilas escolares para crianças que ingressam no ensino primário na primavera de 2024 já estão a todo vapor no Japão, com produtos de peso leve atraindo atenção.

Publicidade

Mochilas pesando menos de 1Kg são populares, visto que nos dias de hoje as crianças precisam carregar dispositivos eletrônicos, como tablets, além de livros e outros itens escolares.

Muitas delas têm preços acessíveis.

Alguns produtos parecem praticamente os mesmos e têm funções similares à tradicional mochila escolar de couro, a “randoseru”.

A Aeon lançará uma mochila no estilo randoseru em 7 de abril. A empresa reduziu o peso para cerca de 960 gramas ao usar poliéster reciclado de garrafas de plástico para a parte principal da mochila.

Funcionária mostra o modelo de mochila escolar leve que será vendido na rede Aeon (nippon)

“Esperamos reduzir a carga física sobre as crianças o tanto quanto possível”, disse um funcionário da Aeon. A mochila custará ¥28.380, menos da metade do preço padrão que varia de ¥60 mil a ¥70 mil.

A Nitori também lançou uma mochila escolar leve. Com 840 gramas, essa mochila de pano é 30% mais leve do que a tradicional randoseru. Ela custa ¥19,9 mil, com 1 ano de garantia.

A mochila de pano da Nitori

Fonte: Nippon, Sora News

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão reabre portas para importações de carne bovina do Canadá, 20 anos após doença da vaca louca

Publicado em 28 de março de 2023, em Sociedade

O governo federal diz que o Japão é agora o segundo maior mercado para carne bovina do Canadá.

Gado em Alberta, Canadá (banco de imagens)

O Japão está suspendendo a última de suas restrições relacionadas à carne bovina canadense, após a encefalopatia espongiforme bovina (BSE), popularmente conhecida como doença da vaca louca, ter devastado a indústria de gado do país na América do Norte.

Publicidade

O governo federal diz que o Japão está reabrindo suas portas para a carne bovina processada e hambúrgueres bovinos do Canadá.

A medida dá fim às barreiras de acesso a mercados que o Japão colocou em vigor no ano de 2003, após um caso de doença da vaca louca ter sido descoberto em Alberta.

Enquanto inicialmente o Japão tenha fechado suas fronteiras a toda carne bovina canadense, ele vem suspendendo restrições em estágios ao longo dos anos, mais recentemente com sua decisão de 2019 de começar a aceitar carne de gado com mais de 30 meses de idade.

O governo federal diz que o Japão é agora o segundo maior mercado para carne bovina do Canadá, com exportações no valor de US$518 milhões em 2022.

Cerca de 40 países fecharam suas fronteiras para a carne bovina canadense durante o auge da crise de BSE de 2003, resultando em bilhões de dólares em prejuízos para a indústria.

Fonte: The Star

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!