‘Cidade da Paz’ sob alerta máximo de segurança antes da cúpula do G7 em Hiroshima

Uma presença mais forte de segurança já é evidente no centro da cidade de Hiroshima e perto da principal estação ferroviária.

A cúpula do G7 deve ocorrer em Hiroshima entre os dias 19 e 21 de maio de 2023 (banco de imagens)

Com menos de 1 mês para a cúpula dos líderes do G7 (grupo das 7 nações mais industrializadas do mundo) que deve ocorrer de 19 a 21 de maio em Hiroshima, a polícia está sob pressão para endurecer a segurança após o ataque recente contra o primeiro-ministro japonês Fumio Kishida durante uma campanha política.

Publicidade

Um funcionário da Polícia Provincial de Hiroshima indicou que a força foi colocada em alerta máximo em 15 de abril.

Uma presença mais forte de segurança já é evidente no centro da cidade de Hiroshima e perto da principal estação ferroviária.

Funcionários do Departamento de Polícia Metropolitano, a polícia da província de Aichi e outras forças de fora foram mobilizadas para observarem qualquer coisa atípica, de dia e de noite.

A polícia havia baseado seu modelo de segurança originalmente naquele durante a visita em maio de 2016 à Hiroshima pelo então presidente Barack Obama.

Entretanto, há muito mais figuras para proteger do que um único presidente na cúpula do G7. Além dos líderes dos 7 principais nações, aqueles que representam países incluindo Índia, Coreia do Sul e Austrália foram convidados para participar.

Oficiais da polícia estarão conduzindo revistas em pertences e questionando pessoas suspeitas na área.

Organizadores já consideraram os riscos representados por drones, que foram usados indevidamente no Japão e no exterior. O governo da província de Hiroshima aprovou decreto proibindo drones próximos às áreas da cúpula.

“A cúpula será realizada sob circunstâncias de pressão, como a atual guerra (na Ucrânia) em curso e a Coreia do Norte tendo repetidamente lançado mísseis. Atos de terrorismo internacional e ciberataques não podem ser descartados”, disse o chefe da ANP Yasuhiro Tsuyuki.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Asteroide será nomeado em homenagem à variedade de sakura descoberta por botânico japonês

Publicado em 24 de abril de 2023, em Sociedade

A União Astronômica Internacional deve aprovar o nome do asteroide em cerca de 1 mês.

Astrônomo solicitou a nomeação de um asteroide em homenagem a uma variedade de flor de cerejeira descoberta por um renomado botânico japonês (NHK)

Um astrônomo amador na região oeste do Japão solicitou a nomeação de um asteroide em homenagem a uma variedade de flor de cerejeira descoberta por um renomado botânico japonês.

Publicidade

Tsutomu Seki, de 92 anos, descobriu 6 cometas e mais de 200 asteroides. Ele escolheu o nome “wakakinosakura” para o asteroide descoberto em 1991.

Tomitaro Makino, conhecido como “Pai da Botânica Japonesa”, nomeou a variedade de flor de cerejeira em 1906. Ela foi usada em um experimento conduzido na Estação Espacial Internacional em 2008.

Makino coletou um número enorme de espécies de plantas. Ele descobriu e nomeou mais de 1,5 mil variedades.

A vida do botânico japonês pioneiro da província de Kochi é assunto da série de drama da NHK “Ranman” que começou neste mês.

Seki, que também nasceu em Kochi, diz que foi inspirado pelo legado de Makino, que continuou a estudar plantas quando ele tinha 90 anos.

Ele disse ter a esperança de que nomear um asteroide em homenagem à cerejeira de Makino ajude a aumentar a conscientização das conquistas do botânico.

A União Astronômica Internacional deve aprovar o nome do asteroide em cerca de 1 mês.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Nihongo - Estude em casa com o Kumon!
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Empregos para estrangeiros no Japão UT Suri-emu
Bell Mart - Produtos brasileiros no Japão