Estrangeiro dirige na contramão, causa acidente e morre

Estrangeiro que dirigia na contramão colide frontalmente contra veículo e morre no impacto.

Imagem: TBS

Por volta das 3h de terça (2), um veículo kei que corria na contramão colidiu frontalmente com outro carro na Rota 354 em Sakaihosen, na cidade de Isesaki (Gunma).

Publicidade

O motorista do kei era um estrangeiro da Sri Lanka, 26, trabalhador haken, residente em Isesaki, e acabou morrendo no acidente. O motorista do outro veículo sofreu ferimentos leves no pescoço.

De acordo com a polícia, o estrangeiro portava cartão de residência, mas não foi encontrada carteira de motorista dentro do carro.

O local era uma estrada nacional de boa visibilidade com uma faixa intermediária e não havia marcas de freio por parte do kei.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Inflação leva mais empresas no Japão à falência

Publicado em 3 de maio de 2023, em Sociedade

No ano fiscal de 2022, quatrocentas e sessenta e três companhias pediram falência devido aos altos preços ou incapacidade de passar os custos aos clientes.

No ano fiscal de 2022, quatrocentas e sessenta e três companhias pediram falência devido aos altos preços (ilustrativa/banco de imagens)

Os preços altos estão começando a colocar pressão sobre negócios de pequeno e médio porte no Japão, forçando um número recorde a ir à falência enquanto o país fica atrás de países no Ocidente em passar os custos crescentes aos clientes.

Publicidade

No ano fiscal de 2022, quatrocentas e sessenta e três companhias pediram falência devido aos altos preços ou incapacidade de passar os custos aos clientes, de acordo com a Teikoku Databank.

O número foi 3,4 vezes maior do que os 136 casos do ano fiscal de 2021. Só em março deste ano houve 67 casos, um alta recorde para um único mês.

Exemplos da tendência podem ser vistos no país. Em 1º de março, a operadora de uma empresa que vende carnes em Osaka pediu falência.

Os lucros foram poucos devido às dificuldade em passar os custos, e o estabelecimento terminou com dívidas de ¥300 milhões (US$2,2 milhões), de acordo com o Tokyo Shoko Research.

Uma operadora de fonte de água termal em Fukushima, impactada pela redução de clientes durante a pandemia e custos de combustíveis mais altos, pediu processo de reabilitação civil em 28 de fevereiro.

Suas dívidas, incluindo aquelas de uma companhia afiliada, totalizaram ¥2,5 bilhões, de acordo com a Teikoku Databank.

Custos estão sendo passados aos clientes de forma mais lenta no Japão do que nos EUA e Europa.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!