Japão tem mais de 92 mil centenários, recorde pelo 53º ano consecutivo

O número continuou a aumentar desde 1970, quando havia apenas 310 centenários.

Neste ano, as mulheres contaram por 88,5% do total, com 81.589 (ilustrativa/banco de imagens)

O número de centenários no Japão ultrapassou 92 mil neste ano, alcançando uma nova alta recorde pelo 53º ano consecutivo.

Publicidade

De acordo com o Ministério da Saúde e Bem-Estar, desde a sexta-feira (15), um total de 92.139 pessoas têm idade igual ou superior a 100, alta de 1.613 em comparação ao ano anterior. O número continuou a aumentar desde 1970, quando havia apenas 310 centenários.

Neste ano, as mulheres contaram por 88,5% do total, com 81.589. Há 10.550 homens centenários.

A mulher mais velha do Japão, Fusa Tatsumi, é da província de Osaka e tem 116 anos. O homem mais velho é Gisaburo Sonobe, de 111 anos, de Chiba.

Por região, Shimane tem a maior proporção de centenários, com 155 a cada 100 mil pessoas, ficando no topo da lista pelo 11º ano consecutivo. Ela é seguida pelas províncias de Kochi e Tottori.

Saitama tem o menor número de centenários, com 44 a cada 100 mil pessoas. A província ficou no fim do ranking pelo 34º ano consecutivo.

Quando os japoneses que moram no exterior são incluídos e cidadãos estrangeiros que são residentes permanentes no Japão, um total de 47.107 pessoas fará 100 anos até o fim de março. O ministério planeja enviar presentes a elas.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Surto de influenza continua por longo período incomum no Japão

Publicado em 18 de setembro de 2023, em Sociedade

Especialistas estão em alerta máximo, visto que o país pode ter mais pacientes do que o normal a partir de agora.

Surto incomum de influenza afeta o Japão (ilustrativa/banco de imagens)

Em um desenvolvimento incomum, o surto de influenza que começou no fim do ano passado no Japão ainda continua e está se espalhando.

Publicidade

Normalmente, um surto de influenza começa no inverno e cessa na primavera.

Aparentemente, a situação atual ocorre porque as pessoas estão menos imunes após não terem contraído influenza em meio às restrições de movimento relacionadas à covid-19 e porque as viagens internacionais estão aumentando.

Algumas escolas foram temporariamente fechadas devido a aumentos nos casos de influenza.

Especialistas estão em alerta máximo, visto que o país pode ter mais pacientes do que o normal a partir de agora.

O Ministério da Saúde recebe relatórios sobre o número de pacientes de influenza de cerca de 5 mil instituições médicas monitoradas regularmente em todo o Japão. Se o número de pacientes excede 1.0 por instituição por semana, isso indica um surto.

Nenhum grande surto ocorreu após medidas de controle de infecção rigorosas terem sido implementadas após a descoberta do primeiro caso de Covid do país em janeiro de 2020.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!