Surto de influenza continua por longo período incomum no Japão

Especialistas estão em alerta máximo, visto que o país pode ter mais pacientes do que o normal a partir de agora.

Surto incomum de influenza afeta o Japão (ilustrativa/banco de imagens)

Em um desenvolvimento incomum, o surto de influenza que começou no fim do ano passado no Japão ainda continua e está se espalhando.

Publicidade

Normalmente, um surto de influenza começa no inverno e cessa na primavera.

Aparentemente, a situação atual ocorre porque as pessoas estão menos imunes após não terem contraído influenza em meio às restrições de movimento relacionadas à covid-19 e porque as viagens internacionais estão aumentando.

Algumas escolas foram temporariamente fechadas devido a aumentos nos casos de influenza.

Especialistas estão em alerta máximo, visto que o país pode ter mais pacientes do que o normal a partir de agora.

O Ministério da Saúde recebe relatórios sobre o número de pacientes de influenza de cerca de 5 mil instituições médicas monitoradas regularmente em todo o Japão. Se o número de pacientes excede 1.0 por instituição por semana, isso indica um surto.

Nenhum grande surto ocorreu após medidas de controle de infecção rigorosas terem sido implementadas após a descoberta do primeiro caso de Covid do país em janeiro de 2020.

Fonte: Nippon

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Alimentação ideal para aliviar os sintomas da TPM

Publicado em 16 de setembro de 2023, em Nutricionista Silvia Tsutsumi

Sofre de TPM? Só de melhorar a alimentação, terá mais qualidade de vida. E é fácil, veja!

Imagem ilustrativa (PM)

A TPM  (tensão pré-menstrual) afeta a maioria das mulheres e é caracterizada por alterações hormonais que podem deixá-las mais sensíveis, irritadas, sonolentas, com cólicas incapacitantes, seios doloridos, dificuldade de concentração, oscilações emocionais e até mesmo sintomas depressivos.

Publicidade

No entanto, assim como surge de repente, ela desaparece rapidamente quando o ciclo menstrual começa.

Portanto, alguns alimentos desempenham um papel crucial no equilíbrio dessas oscilações hormonais. Vamos à lista.

Triptofano: este aminoácido desempenha um grande papel na produção de serotonina, que ajuda a melhorar o humor. Você pode encontrar triptofano no leite, banana, mangostão, abacaxi e nozes.

Cálcio: este mineral é capaz de aliviar desconfortos e dores, diminuir cólicas, inchaço, desejos por doces e variações de humor. O cálcio está presente no leite e derivados, leguminosas (ervilha, feijão, grão-de-bico e lentilha), oleaginosas (nozes, castanhas), grãos, sementes, salmão, sardinha e vegetais de folhas verdes escuras (couve, brócolis, espinafre).

Vitamina B6: contribui para melhorar os sintomas da TPM, principalmente a depressão, estimulando a produção de serotonina, o hormônio do prazer. Fontes de vitamina B6 incluem banana, frango, peixes, grãos, germe de trigo, arroz integral e oleaginosas.

Magnésio: ajuda a reduzir cólicas, enxaquecas e a compulsão por doces. Pode ser encontrado em sementes de abóbora, oleaginosas, grãos, feijão, abacate, cacau e vegetais de folhas verdes escuras.

Vitamina C: tem propriedades revigorantes que combatem a fadiga. Fontes alimentares incluem frutas cítricas, tomate, goiaba e melão.

Vitamina E: ajuda a reduzir a irritabilidade e ansiedade. Pode ser encontrada em sementes, oleaginosas, milho, abacate, óleo de girassol e azeite de oliva, e gema de ovo.

Ômega-3: com propriedades antioxidantes, ajuda a combater dores e equilibra as oscilações de humor e depressão. O ômega-3 está presente em peixes de água fria, como arenque, sardinha e salmão, além de sementes de linhaça, óleo de peixe e algas.

Você deve ter notado que muitos desses alimentos incluem grãos, oleaginosas e sementes. Adicionar duas unidades de castanha-do-pará por dia, por exemplo, não só ajuda a combater a TPM, mas também fornece energia ao longo do dia. Além disso, aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes e reduzir alimentos industrializados ricos em açúcar refinado pode ajudar a reduzir os sintomas pré-menstruais.

Outras dicas úteis

Vale lembrar que diminuir a ingestão de sal e alimentos ricos em sódio (como refrigerantes e sucos industrializados) reduzirá o inchaço devido à retenção de líquidos, evitar alimentos ricos em cafeína (como café, chás escuros e refrigerantes à base de cola) ajudará a diminuir a irritabilidade e as oscilações de humor. Também se deve reduzir o consumo de álcool, pois pode desencadear dor de cabeça e fadiga, além de aumentar a perda de nutrientes devido à micção frequente. E ingerir bastante água garantirá uma melhor hidratação, circulação e a eliminação de toxinas.

É fundamental destacar que, embora essas dicas nutricionais possam ser valiosas para muitas pessoas, cada pessoa é única, e as necessidades nutricionais podem variar consideravelmente.

Portanto, a busca por um acompanhamento nutricional individualizado é de extrema importância.

Um nutricionista pode avaliar o histórico de saúde, estilo de vida e objetivos pessoais de cada pessoa, criando um plano alimentar personalizado que leve em consideração todas essas variáveis. Esse acompanhamento não apenas ajuda a enfrentar os desafios da TPM, mas também promove uma alimentação saudável e equilibrada ao longo de toda a vida, contribuindo para o bem-estar e a saúde a longo prazo.

Portanto, se você busca uma abordagem verdadeiramente eficaz e personalizada para melhorar sua saúde e qualidade de vida, não hesite em consultar um nutricionista.

Um forte abraço e até a próxima!

Nutricionista Silvia Tsutsumi –  WhatsAppInstagram

Veja também: Tipos e marcas de whey protein para intolerantes à lactose

Para quem busca orientações sobre nutrição e planos de dietas alimentares personalizados, entre em contato com a Silvia. Faça uma consulta e tenha suporte de uma profissional qualificada. Há planos específicos para quem mora no Japão.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!