Toyota está com a linha das minivans Noah e Voxy parada

A suspensão da produção dessa linha é temporária e deverá ser retomada na quarta-feira.

Miniva Noah da Toyota (reprodução HP)

A Toyota Motor informou na segunda-feira (27) que uma linha de produção da sua subsidiária, Toyota Auto Body, planta de Fujimatsu, na cidade de Kariya (Aichi), está suspensa desde essa data do anúncio.

Publicidade

Essa linha produz as minivans Noah e Voxy e foi suspensa para confirmação de alguns processos, segundo a montadora.

Como essa linha produz também os modelos Alphard e Vellfire, a fabricação deles também será afetada. 

Segundo a nota da Toyota Motor essa suspensão temporária não impacta as demais plantas. Essa linha de produção da planta de Fujimatsu deverá ser retomada na quarta-feira (29).

Segundo fontes do jornal Yomiuri, o motivo dessa suspensão foi a descoberta de uma falha no processo de certificação junto ao Ministério de Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo (MLIT) dos modelos Noah e Voxy.

De acordo com a Japan Automobile Dealers Association, foram vendidas cerca de 73 mil unidades da minivan Noah e aproximadamente 70 mil do modelo Voxy em 2022, entrando para o ranking dos 10 veículos mais vendidos nesse ano.

Fontes: NHK e Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Kagome anuncia aumento de preços

Publicado em 28 de novembro de 2023, em Economia

A fabricante japonesa informou que os preços dos produtos agrícolas estão elevados, por isso, irá repassá-los.

Dois de mais de uma centena de produtos alvo do aumento de preços (JNN)

A indústria de produtos alimentícios japonesa Kagome informou na segunda-feira (27) que irá aumentar os preços, tanto da linha para uso doméstico quanto industrial.

Publicidade

São 147 produtos de uso doméstico, como o Kagome Tomato Ketchup, com faixa de aumento máximo de 16,4% ou o suco de frutas e verduras Yasai Seikatsu 100, de até 13,6%.

Será o terceiro aumento no preço do ketchup, depois de ter subido pela primeira vez em 7 anos, em abril do ano passado.

Informou que são 158 itens de uso industrial, os quais também são alvo de aumento de preços.

A Kagome atribui o aumento dos preços aos custos mais elevados dos produtos agrícolas devido à onda de aquecimento global que afeta a produção de tomate, cenoura e outros ingredientes, como também de outras matérias-primas.

O aumento será aplicado a partir de 1.º de fevereiro de 2024.

Fontes: JNN e ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!