Chiba combate população em aumento de veados-latidores, ultrapassando 70 mil

Esses animais, consideradas pestes, estão se tornando cada vez mais acostumados com a presença humana.

Os muntíacos estão se tornando cada vez mais acostumados com a presença humana (YouTube/FNN)

Moradores na província de Chiba têm uma grande peste em suas mãos, os muntíacos (cervos-latidores) uma espécie invasora da família dos cervos, que triplicaram em número nos últimos 10 anos após terem escapado de uma instalação abandonada.

Publicidade

Imagens registradas no jardim de uma residência na cidade de Ishumi, destacam um muntíaco curioso fungando e mostrando interesse na câmera.

Esses animais, consideradas pestes, estão se tornando cada vez mais acostumados com a presença humana.

“Ultimamente, um muntíaco vem dormindo na sombra de uma árvore ao lado da minha casa. Ele parece ter se instalado em nosso jardim e sempre está por aqui”, explicou um residente.

Originários da China e Taiwan, acredita-se que esses muntíacos tenham escapado de uma instalação fechada na cidade de Katsuura há 20 anos e desde então se proliferaram no sul de Chiba. A população desses animais continuou a crescer, chegando a cerca de 71,5 mil em 2022, aproximadamente 3 vezes o número na última década.

Um fazendeiro local na faixa dos 70 anos lamenta o impacto na agricultura. “Olhe isso, consumido por um muntíaco. Mesmo se berinjelas crescem bem, elas não podem ser mais vendidas”.

Os muntíacos causam danos a várias plantações, levando o Ministério do Meio Ambiente a designá-los como espécie invasiva específica. Entretanto, a familiaridade crescente de muntíacos com humanos em 2023 está exacerbando o problema.

Mesmo quando uma equipe de filmagem se aproxima de um muntíaco deitado no chão, ele não foge apesar de parecer estar em alerta e pronto para escapar. Esse comportamento se contrasta com sua reputação anterior como animais tímidos que fugiriam assim que avistassem humanos a distância.

O diretor do Centro de Pesquisa Médica de Animais da Ásia, o Dr. Machida, explica que, “A escassez de alimentos pode ter feito com que eles descessem para áreas residenciais, perdendo o medo de humanos. Se você encontrar um muntíaco na cidade, recomendo que não os toquem devido ao risco de doenças como raiva e infecções por carrapatos”.

Fonte: News on Japan

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Toyota está com a linha das minivans Noah e Voxy parada

Publicado em 28 de novembro de 2023, em Economia

A suspensão da produção dessa linha é temporária e deverá ser retomada na quarta-feira.

Miniva Noah da Toyota (reprodução HP)

A Toyota Motor informou na segunda-feira (27) que uma linha de produção da sua subsidiária, Toyota Auto Body, planta de Fujimatsu, na cidade de Kariya (Aichi), está suspensa desde essa data do anúncio.

Publicidade

Essa linha produz as minivans Noah e Voxy e foi suspensa para confirmação de alguns processos, segundo a montadora.

Como essa linha produz também os modelos Alphard e Vellfire, a fabricação deles também será afetada. 

Segundo a nota da Toyota Motor essa suspensão temporária não impacta as demais plantas. Essa linha de produção da planta de Fujimatsu deverá ser retomada na quarta-feira (29).

Segundo fontes do jornal Yomiuri, o motivo dessa suspensão foi a descoberta de uma falha no processo de certificação junto ao Ministério de Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo (MLIT) dos modelos Noah e Voxy.

De acordo com a Japan Automobile Dealers Association, foram vendidas cerca de 73 mil unidades da minivan Noah e aproximadamente 70 mil do modelo Voxy em 2022, entrando para o ranking dos 10 veículos mais vendidos nesse ano.

Fontes: NHK e Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!