Japão permitirá uso de carros particulares como táxis sob certos termos

Indivíduos sem uma licença para oferecer serviços de motorista poderão fazer isso desde que passem por um treinamento e sejam empregados diretamente por companhias de táxi.

A falta de motoristas no Japão é exacerbada por uma recuperação na atividade econômica e aumento de turistas estrangeiros (ilustrativa/banco de imagens)

Na quinta-feira (7), o governo japonês finalizou um plano para permitir que motoristas com licença padrão ofereçam serviços de táxi usando seus próprios veículos em um esforço para endereçar uma escassez de taxistas a nível nacional.

Publicidade

Sob as medidas relaxadas, indivíduos sem uma licença para oferecer serviços de motorista poderão fazer isso desde que passem por um treinamento e sejam empregados diretamente por companhias de táxi, segundo pessoas com conhecimento do assunto. Entretanto, os indivíduos não poderão dirigir um táxi convencional.

A falta de motoristas no Japão é exacerbada por uma recuperação na atividade econômica e aumento de turistas estrangeiros após o relaxamento das restrições relacionadas à pandemia de coronavírus.

Contudo, com muitas empresas no Japão proibindo empregos secundários, devemos aguardar para ver se mudanças regulatórias serão eficazes em aumentar o número de motoristas.

Mesmo com as mudanças, o número de carros privados que companhias de táxis usam para os serviços não pode exceder o de veículos convencionais que elas possuem.

A tarifa também será de acordo com a taxa aprovada por autoridades, com sistemas dinâmicos de preços comumente vistos em serviços de carona compartilhada como o Uber, que conecta donos de carros privados a indivíduos que buscam transporte, não sendo aplicáveis nesse caso.

Detalhes, incluindo quando as mudanças entrarão em vigor, serão discutidos cuidadosamente em um conselho do governo para reforma regulatória na semana que vem.

Enquanto isso, o governo adiou a tomada de decisão sobre se vai suspender uma proibição relacionada a serviços de transporte de passageiros por apps.

O debate continuará com a meta de formular um plano em junho do ano que vem.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Policial de Mie é preso por voyeurismo em Nagoia

Publicado em 8 de dezembro de 2023, em Crime

O homem que incomodou a funcionária de uma imobiliária de Nagoia usou nome falso, mas foi encontrado e soube-se que é um policial.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!