McDonald’s revela o CosMc’s, sua resposta para a Starbucks

Novos restaurantes no estilo retrô que servirão bebidas mais complexas e customizadas serão testados nos EUA.

A companhia de fast food disse que abriria neste mês seu primeiro local piloto em um subúrbio de Chicago (cosmcs)

O McDonald’s revelou um novo tipo de restaurante, o CosMc’s, uma loja em estilo retrô com deleites e bebidas customizados que incluem “s’mores cold brew” (café frio de s’mores), “churros frappes” (frapês de churros) e “turmeric latte” (latte de açafrão) que poderiam rivalizar redes como a Starbucks.

Publicidade

A companhia de fast food disse que abriria neste mês seu primeiro local piloto em um subúrbio de Chicago como parte de esforços para “resolver a queda das 15h”, quando ela recebe menos clientes entre o rush do almoço e jantar.

O menu proposto destaca uma variedade de limonadas especiais, bebidas e chás misturados.

As bebidas serão vendidas junto com uma lista curta de comidas, que incluem o Egg McMuffin, doughnuts, cookies e sorvetes.

O McDonald’s planeja lançar cerca de 10 CosMc’s até o fim do próximo ano em locais não revelados no Texas. Ela estudará os resultados do teste por pelo menos 1 ano antes de determinar se vai expandir os negócios.

As novas lojas são uma homenagem a um personagem parte robô parte extraterrestre lançado pelo McDonald’s no fim dos anos 1980.

O CosMc, que tinha antenas, mais de 6 braços e usava um traje espacial arredondado e prateado, foi destaque em uma série de propagandas até o início dos anos 1990.

O piloto do CosMc’s foi revelado na quarta-feira (6) quando o McDonald’s disse aos investidores em uma conferência que planejava abrir cerca de 10 mil novos restaurantes em todo o mundo nos próximos 4 anos. A expansão sem precedentes trará o número total de unidades da rede para 50 mil.

Isso se compara à Starbucks, a qual no mês passado disse que planejava expandir sua marca global para 55 mil lojas no mundo até 2030, aumento das atuais 38 mil.

Fonte: The Guardian

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão permitirá uso de carros particulares como táxis sob certos termos

Publicado em 8 de dezembro de 2023, em Sociedade

Indivíduos sem uma licença para oferecer serviços de motorista poderão fazer isso desde que passem por um treinamento e sejam empregados diretamente por companhias de táxi.

A falta de motoristas no Japão é exacerbada por uma recuperação na atividade econômica e aumento de turistas estrangeiros (ilustrativa/banco de imagens)

Na quinta-feira (7), o governo japonês finalizou um plano para permitir que motoristas com licença padrão ofereçam serviços de táxi usando seus próprios veículos em um esforço para endereçar uma escassez de taxistas a nível nacional.

Publicidade

Sob as medidas relaxadas, indivíduos sem uma licença para oferecer serviços de motorista poderão fazer isso desde que passem por um treinamento e sejam empregados diretamente por companhias de táxi, segundo pessoas com conhecimento do assunto. Entretanto, os indivíduos não poderão dirigir um táxi convencional.

A falta de motoristas no Japão é exacerbada por uma recuperação na atividade econômica e aumento de turistas estrangeiros após o relaxamento das restrições relacionadas à pandemia de coronavírus.

Contudo, com muitas empresas no Japão proibindo empregos secundários, devemos aguardar para ver se mudanças regulatórias serão eficazes em aumentar o número de motoristas.

Mesmo com as mudanças, o número de carros privados que companhias de táxis usam para os serviços não pode exceder o de veículos convencionais que elas possuem.

A tarifa também será de acordo com a taxa aprovada por autoridades, com sistemas dinâmicos de preços comumente vistos em serviços de carona compartilhada como o Uber, que conecta donos de carros privados a indivíduos que buscam transporte, não sendo aplicáveis nesse caso.

Detalhes, incluindo quando as mudanças entrarão em vigor, serão discutidos cuidadosamente em um conselho do governo para reforma regulatória na semana que vem.

Enquanto isso, o governo adiou a tomada de decisão sobre se vai suspender uma proibição relacionada a serviços de transporte de passageiros por apps.

O debate continuará com a meta de formular um plano em junho do ano que vem.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!