Restaurante no Japão oferece tapas na cara por 300 ienes

O serviço foi popular tanto entre homens e mulheres no Japão, assim como turistas estrangeiros.

Pagar para levar tapas na cara? É o que estava oferecendo um restaurante no Japão e fez sucesso (X/Bangkok Lad)

Enquanto restaurantes no mundo estão oferecendo temas inovadores para atrair clientes, um estabelecimento no Japão adotou uma prática bizarra para cativar a atenção das pessoas.

Publicidade

Em um restaurante na cidade de Nagoia (Aichi), o Shachihoko-ya, clientes levam tapas na cara antes de suas refeições serem servidas.

Por apenas ¥300, mulheres usando quimonos dão tapas na cara de clientes. Também há uma sobretaxa de ¥500 se eles solicitarem que uma funcionária específica realize o ato. O serviço foi popular entre homens e mulheres no Japão, assim como turistas estrangeiros

No X (antigo Twitter), o usuário Bangkok Lad compartilhou um vídeo do restaurante famoso e escreveu, “Esse é o Shachihokoya, um restaurante em Nagoia, onde você pode comprar um item no menu chamado Nagoya Lady’s Slap por 300 ienes”. O vídeo teve milhares de visualizações com comentários hilários de usuários.

“Quanto mais forte a atendente batia, mais empolgados os clientes ficavam. Eles pareciam relaxados ao serem esbofeteados. Até agradeciam a funcionária que tinha dado o tapa”, disse a narração do vídeo no YouTube no canal Save Your Money in Japan.

Notavelmente, o serviço controverso, que começou a ser oferecido em 2012, renovou a atividade do estabelecimento, atraindo um crescente número de clientes dispostos a passar pela experiência.

Inicialmente, apenas uma funcionária dava os tapas na cara. Com o aumento da demanda, a gerência contratou várias jovens dispostas ao trabalho.

Entretanto, o restaurante encerrou o serviço após alguns vídeos do serviço bizarro terem viralizado. Em um post no X, o estabelecimento pediu às pessoas que não fossem ao local esperando serem esbofeteadas.

Atualmente, o Shachihoko-ya não oferece tapas. Apreciamos a atenção recebida hoje, mas não podemos acomodar visitas com a intenção de receber tapas. Não esperávamos que vídeos antigos viralizassem como esse, então, por favor, compreendam antes de virem”, de acordo com o post.

Fonte:  NDTV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Estabelecida a lei da cannabis para uso farmacêutico, mas mais dura para o uso como psicotrópico

Publicado em 6 de dezembro de 2023, em Política

O cultivo da cannabis para extração dos princípios ativos para uso médico foi aprovado no Japão, mas por outro lado, a pena fica mais severa para quem for pego com maconha.

Foto ilustrativa de um cultivo de cannabis (Wikimedia)

Na quarta-feira (6), a revisão da Lei de Controle da Cannabis foi aprovada e estabelecida em plenário da assembleia na Câmara dos Conselheiros do Japão, pela maioria dos membros do partido da situação e dos que apoiam o governo.

Publicidade

Em uma das alterações dessa lei permite a utilização dos princípios ativos da planta para os produtos farmacêuticos. Além dos fins médicos, permite-se o uso também para fins industriais, como a utilização em bioplásticos, por isso serão criados novos regulamentos. Portanto, também será regulamentada uma licença para o cultivo da cannabis.

Estima-se que exista aproximadamente 1 milhão de pessoas no Japão com epilepsia. Aproximadamente 30% dessas pessoas têm dificuldade em controlar as convulsões apenas com medicamentos. Esses pacientes poderão ser beneficiados com o uso do canabidiol (CBD), já usado nos Estados Unidos. Além disso, o CBD tem sido usado em outros países para prevenção ou para conter o avanço de diversas doenças. Vale lembrar que o CBD não tem efeito alucinógeno.

Como fica o uso da maconha?

Por outro lado, para prevenir o abuso de uso da maconha por parte dos jovens, além da proibição como a posse, foi acrescentada nessa revisão, o crime pela utilização, que regulamenta o uso da droga da mesma forma que outras, incluindo o estimulante.

Portanto, se uma pessoa for presa por posse de maconha, a pena máxima passa de 5 para 7 anos, o que mostra endurecimento da lei.

Fontes: JNN, NHK e Asahi 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!