Brasileira residente no Japão brilha como campeã do fisiculturismo

A fisiculturista brasileira, residente no Japão, faturou os prêmios da categoria Bikini, na competição realizada no país, obtendo o seu passe como profissional.

Fotos da fisiculturista brasileira Vanessa Inazu, campeã na competição no Japão (reprodução do Fitness Love)

Com dez anos de dedicação à musculação, a brasileira Vanessa Midori Inazu, 29, obteve a carteira de profissional depois de vencer a categoria Bikini F e também venceu a competição geral entre as campeãs de cada classe do Muscle Contest Japan realizado no Culttz Kawasaki, na província de Kanagawa, no domingo (11). 

Publicidade

“Estou feliz por ter vencido a competição que atraiu tantos atletas estrangeiros. Não teria conseguido esta vitória sem o apoio da minha família, por isso gostaria de agradecer à ela”, se referindo à filha e ao marido.

Vanessa Midori é mãe de uma menina de 11 anos e, quando sentiu vontade de perder peso, foi ajudada pelas palavras da filha Sofia. “Disse para dar o meu melhor, o que me deu muita força, sem ela não teria conseguido”, disse.

Ela atravessou metade do Planeta há 17 anos e relatou em japonês fluente que “é mais fácil viver no Japão do que no Brasil”.

Vanessa conta que começou a treinar um ano após o parto, portanto se passou uma década. Embora tenha obtido ótimos resultados no palco, parece não estar satisfeita ainda. 

“Hoje é a linha de partida. Quero continuar a dar o meu melhor para poder desempenhar um papel ativo como profissional”, destacou a brasileira  fisiculturista.

Caso queira ver todas as fotos da atleta brasileira, toque aqui.

No TikTok, plataforma que ela usa para mostrar suas atividades, escreveu “acredite nos seus sonhos”.

https://www.tiktok.com/@vanessainazu/video/7234988708875848961?is_from_webapp=1&sender_device=pc&web_id=7332103316484752902

Fontes: Fitness Love e NPC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Turismo volta aos poucos em Ishikawa

Publicado em 12 de fevereiro de 2024, em Economia

Turismo em Kanazawa: multidões de turistas estrangeiros e japoneses na cidade, mas número continua baixo.

Imagem: ANN

Um mês se passou desde o terremoto que atingiu a Península de Noto. Os danos na região foram grandes e espera-se que a recuperação e a reconstrução levem algum tempo. Por outro lado, na cidade de Kanazawa, o maior destino turístico de Hokuriku, também na província de Ishikawa, os danos foram mínimos.

Publicidade

No domingo (11), em meio ao feriado de três dias, alguns lugares em Kanazawa estavam movimentados. Pouco depois das 13h no Mercado Omimachi, muitos turistas de fora da província e turistas estrangeiros estavam no local em busca de frutos do mar e outras iguarias.

Uma das coisas mais surpreendentes foi o grande número de visitantes estrangeiros. Casais e famílias, que provavelmente eram viajantes de muito longe, de diversos países e muitos australianos, comiam e caminhavam no mercado de Omi-machi. Na Nomura House, a antiga residência dos samurais de Naga-machi, as únicas pessoas que faziam fila na entrada eram viajantes estrangeiros. Mesmo em um local para fotos no nevado Jardim Kenrokuen, era possível ouvir conversas alegres em idiomas estrangeiros.

“Ouvi dizer que Kanazawa era segura, então pesquisei nas redes sociais. Não fiquei muito preocupado.”, comenta um turista de Tóquio quando perguntado se estava preocupado com um terremoto.

Por outro lado, o 21st Century Museum of Contemporary Art, em Kanazawa, que teve seu primeiro fim de semana após a reabertura, teve um número de visitantes menor do que o normal, e o número de visitantes do Kenrokuen Garden no dia 10 foi apenas um quarto do número registrado no mesmo período do ano passado.

Especialistas comentam que levará algum tempo para que Kanazawa recupere sua vitalidade anterior ao terremoto.

O governo do Japão decidiu implementar o Desconto de Apoio a Hokuriku com o objetivo de promover o turismo na região de Hokuriku, levando em conta a inauguração da linha Hokuriku Shinkansen Kanazawa/Tsuruga em 16 de março, que funcionará de março até o final de abril, antes do Golden Week.

Fonte: ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!