Guinness anula título de ‘cão mais velho mundo’ para Bobi

O GWR abriu uma investigação após preocupações levantadas por veterinários, outros especialistas e investigadores da mídia.

Bobi, um cão que teria 31 anos (nascido a 11 de maio de 1992), viveu em uma fazenda no vilarejo de Conqueiros em Portugal (Guinness)

O Guinness World Records (GWR) pronunciou-se contra um cão português que morreu no ano passado mantendo o título do mais velho canino na história.

Publicidade

“Após uma revisão, o GWR disse na quinta-feira (22) que “eles não têm mais evidência que precisam para apoiar a afirmação de Bobi como o detentor do recorde”.

Bobi, um cão que teria 31 anos (nascido a 11 de maio de 1992), viveu em uma fazenda no vilarejo de Conqueiros em Portugal com seu dono, Leonel Costa. Ele foi proclamado como o cão vivo mais velho do mundo em fevereiro de 2023. Ele morreu em outubro passado.

O GWR abriu uma investigação após preocupações levantadas por veterinários, outros especialistas e investigadores da mídia.

O Guinness disse que descobriram que uma falta de evidência de dados do microchip de Bobi os deixaram sem evidência conclusiva da data de nascimento do cão.

O Livro dos Recordes disse que era muito cedo para falar sobre um novo detentor do recorde.

Bobi era uma Rafeiro do Alentejo, uma raça que tem expectativa de vida entre 10 e 14 anos.

Em uma declaração por email em janeiro, seu dono defendeu o título, dizendo que o GWR havia passado 1 ano verificando a afirmação do recorde.

Fonte: Channel News Asia

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Navio colide com ponte na China e veículos caem no rio

Publicado em 23 de fevereiro de 2024, em Ásia

A embarcação atingiu a Ponte Lixinsha por volta das 5h30 de terça-feira (20). Autoridades disseram que o incidente foi causado por ‘operação imprópria da tripulação’.

A embarcação atingiu a Ponte Lixinsha por volta das 5h30 (YouTube/Straits Times)

Pelo menos 5 pessoas morreram e outras 3 ficaram feridas após um navio ter colidido com uma ponte no sul da China na terça-feira (20), destruindo parte da estrada e fazendo com que veículos caíssem na água.

Publicidade

A embarcação atingiu a Ponte Lixinsha por volta das 5h30, de acordo com autoridades, as quais disseram que o incidente foi causado por “operação imprópria da tripulação”.

A mídia chinesa disse que o dono do navio foi detido.

Uma moto elétrica, três caminhões de pequeno porte e um ônibus caíram da ponte.

O motorista do ônibus e o motoqueiro, assim como três pessoas que estavam no caminhão, morreram, disseram autoridades da cidade em uma coletiva de imprensa.

Quando o navio atingiu a ponte, ele estava viajando de Foshan para Guangzhou, de acordo com a Administração de Segurança Marítima e Guangzhou.

O colapso da ponte, que atravessa a hidrovia Hongqili, causou cortes no fornecimento de água e acesso de veículos a uma ilha que é lar para 8 mil pessoas, de acordo com a rede de TV estatal CCTV.

Autoridades disseram que a ponte havia sido reforçada em 2022.

Fonte: VOA News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!