Incêndio em Toyohashi causou sérios incômodos à vizinhança

Cinco escolas não puderam abrir as janelas, a visibilidade ficou comprometida para os motoristas e foram abertos 2 locais para abrigo.

Fumaça gigantesca e mau cheiro na cidade de Toyohashi (Tokai TV)

O incêndio que começou por volta da 00h20 de segunda-feira (26), em Akemi-cho, cidade de Toyohashi (Aichi), causou transtornos, embora não tenha ferido ninguém.

Publicidade

Segundo informações do governo da província de Aichi, que administra o porto, o que pegou fogo é a sucata destinada à exportação e a polícia investigará a causa.

As 9 unidades do Corpo de Bombeiros trabalharam por mais de 18 horas para a extinção. Foram usados guindastes para derrubar as montanhas de resíduos para tentar conter os focos de fogo. 

A fumaça gigantesca e o mau cheiro causaram sérios transtornos para as indústrias e residências vizinhas.

A prefeitura abriu dois salões comunitários para servir de abrigo para quem necessitasse se proteger da fumaça, pois existia a possibilidade de conter gases nocivos.

Cinco escolas foram informadas para não abrir as janelas e os motoristas tiveram dificuldade para dirigir por causa da falta de visibilidade na área.

As atividades de combate ao incêndio duraram mais de 18 horas.

Fontes: Nagoya TV, CBC TV, Tokai TV e Asahi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Criança se engasga com merenda escolar e morre no hospital

Publicado em 27 de fevereiro de 2024, em Sociedade

Embora tenha sido socorrido pelo Doctor Heli, o menino do primeiro ano primário, morreu asfixiado.

Foto da merenda escolar servida no dia (cedida pela Secretaria de Educação para a NHK)

Por volta das 12h40 de segunda-feira (26), entrou uma chamada pelo 119 para socorrer uma criança do primeiro ano primário que se engasgou com a merenda e não conseguia respirar.

Publicidade

Essa ocorrência foi na cidade de Miyama (Fukuoka) e foi enviado um Doctor Heli para socorrê-la, mas a morte foi confirmada no hospital.

De acordo com o Corpo de Bombeiros e com o Conselho de Educação da cidade, a vítima foi um menino de 7 anos, aluno do primeiro ano primário. Ele estava se servindo da merenda que nesse dia tinha leite, arroz, oden (cozido típico) com missô e salada com algas marinhas. 

A secretaria de educação acredita que o menino se engasgou com o ovo de codorna no oden, o que causou asfixia. O ovo de codorna foi colocado inteiro, sem ser cortado. 

O presidente da Safe Kids Japan, uma ONG que trabalha para prevenir acidentes com crianças, comentou que “os alunos da primeira série estão no momento em que os dentes permanentes começam a nascer. Podem não conseguir mastigar totalmente a comida por terem perdido alguns dentes de leite e engolem rapidamente. Algo como um ovo de codorna pode ficar preso na laringe causando asfixia”.

Na sua opinião, o ovo de codorna deveria ser cortado da merenda escolar do primeiro e segundo ano do primário, pois no passado já ocorreram acidentes como esse, tanto com ovinho como com pão.

Em círculo vermelho o oden que tinha ovo de codorna (cedida pela Secretaria de Educação para a NHK)

Fontes: NHK e Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!