Tribunal no Japão multa rede de sushi por usar dados roubados de sua rival

A operadora da grande rede de sushi Kappa Sushi foi multada em ¥30 milhões por usar dados roubados de sua rival Hamasushi.

Kappa Sushi foi multada pelo Tribunal de Tóquio por fazer uso de dados roubados (NHK)

O Tribunal Distrital de Tóquio multou a operadora da grande rede de sushi Kappa Sushi em ¥30 milhões (US$200 mil), por usar dados roubados de sua rival Hamasushi.

Publicidade

A Kappa Create e seu ex-alto funcionário, Hideaki Otomo, foram acusados de usar dados sobre quanto a Hamasushi estava pagando seus fornecedores. O ex-presidente da Kappa Create, Koki Tanabe, havia roubado os dados da empresa mãe da Hamasushi.

Os réus afirmaram inocência, dizendo que os dados não eram negócios secretos e que eles não tinham intenção de ter ganhos ilegalmente.

Na segunda-feira (26), o juiz presidente no tribunal disse que os dados eram negócios secretos e os frutos das negociações da Hamasushi com seus parceiros.

O juiz apontou que Otomo usou os dados ilegalmente para estudar sobre como desenvolver novos produtos. Ele acrescentou que os réus obstruíram a competição justa e não compensaram a Hamasushi.

De acordo com reportagem da NHK, o juiz também transmitiu a Otomo uma condenação de prisão de 30 meses, suspensa por 4 anos.

A empresa mãe da Hamasushi, a Zensho Holdings, descreveu o veredito como muito apropriado.

A Kappa Create emitiu um comentário dizendo que analisará a decisão e vai considerar sua resposta.

Uma condenação de prisão suspensa para Tanabe, que roubou os dados, já foi finalizada após ele ter sido considerado culpado.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Incêndio em Toyohashi causou sérios incômodos à vizinhança

Publicado em 27 de fevereiro de 2024, em Sociedade

Cinco escolas não puderam abrir as janelas, a visibilidade ficou comprometida para os motoristas e foram abertos 2 locais para abrigo.

Fumaça gigantesca e mau cheiro na cidade de Toyohashi (Tokai TV)

O incêndio que começou por volta da 00h20 de segunda-feira (26), em Akemi-cho, cidade de Toyohashi (Aichi), causou transtornos, embora não tenha ferido ninguém.

Publicidade

Segundo informações do governo da província de Aichi, que administra o porto, o que pegou fogo é a sucata destinada à exportação e a polícia investigará a causa.

As 9 unidades do Corpo de Bombeiros trabalharam por mais de 18 horas para a extinção. Foram usados guindastes para derrubar as montanhas de resíduos para tentar conter os focos de fogo. 

A fumaça gigantesca e o mau cheiro causaram sérios transtornos para as indústrias e residências vizinhas.

A prefeitura abriu dois salões comunitários para servir de abrigo para quem necessitasse se proteger da fumaça, pois existia a possibilidade de conter gases nocivos.

Cinco escolas foram informadas para não abrir as janelas e os motoristas tiveram dificuldade para dirigir por causa da falta de visibilidade na área.

As atividades de combate ao incêndio duraram mais de 18 horas.

Fontes: Nagoya TV, CBC TV, Tokai TV e Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!