Omron com queda de 98% do lucro líquido, recrutará demissões voluntárias

No Japão o número estimado é de mil cortes e o mesmo número nas indústrias do exterior.

Logotipo da Omron (NHK)

A Omron, um importante fabricante de equipamentos eletroeletrônicos que desenvolve e fornece soluções de automação industrial e de saúde, além de diversos dispositivos eletrônicos, com sede em Quioto, anunciou que irá cortar 2 mil postos de trabalho, tanto no Japão quanto no exterior, em resposta à deterioração do desempenho empresarial devido ao abrandamento da economia chinesa. 

Publicidade

Desse total, a Omron deverá solicitar a demissão voluntária de cerca de mil funcionários do Japão, o que corresponde a 10% do quadro atual. 

Os candidatos alvo para isso são os que estão empregados há mais de 3 anos e que tenham mais de 40 anos de idade, com recrutamento entre abril e maio deste ano.

Esta é a primeira vez em cerca de 22 anos, desde 2002, que a empresa solicita demissão voluntária.

A Omron realizou uma coletiva de imprensa online na noite de segunda-feira (26), ocasião em que anunciou a reforma estrutural da empresa por causa do agravamento do desempenho da sua principal atividade, de equipamentos de controle, na China.

Este mês, a Omron revisou para baixo a sua previsão de lucros para o atual ano fiscal, revelando que o seu lucro final seria de 1,5 bilhão de ienes, uma queda de 98% em relação ao ano fiscal anterior.

“Devemos reconstruir a nossa gestão o mais rápido possível. A curto prazo, será doloroso, mas através de uma série de iniciativas, poderemos nos transformar em uma empresa que crescerá ainda mais forte”, disse Junta Tsujinaga, CEO da Omron.

A Omron é bem conhecida entre os consumidores finais pelos produtos relacionados à saúde como termômetros e monitores de pressão arterial. Mas, eles representam apenas pouco menos de 20% das vendas totais.

Os principais produtos que engrossam as vendas são os equipamentos de controle, como robôs e sensores usados ​​nas linhas de fábrica. No ano fiscal de 2022, foi responsável por aproximadamente 55% das vendas e 85% do lucro operacional em toda a empresa.

Fontes: NHK e Toyo Keizai

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Vietnamita é vítima de assalto na porta do apartamento

Publicado em 27 de fevereiro de 2024, em Sociedade

O vietnamita chamou a polícia dizendo que foi roubado por 3 homens. Na sua mochila tinha 33 milhões de ienes.

Polícia em frente ao prédio onde ocorreu o assalto ao vietnamita (KTV)

Pouco antes das 16h30 de segunda-feira (26), a polícia foi chamada por causa de um assalto quando ia entrar no apartamento de um prédio residencial, situado em Higashi Sumiyoshi-ku, cidade de Osaka (província homônima).

Publicidade

Segundo a polícia, a vítima foi um vietnamita de 27 anos, o qual relatou que chegaram 3 homens, um deles lhe deu uma chave de braço, outro apontou a faca e roubaram a sua mochila. 

Segundo o vietnamita, havia 33 milhões de ienes em espécie que não eram dele. Estava transportando a soma que tinha sido confiada por um amigo de 24 anos. 

Ele teve ferimento considerado leve no pescoço.

A polícia abriu investigação como caso de roubo e está à procura dos 3 que fugiram em seguida. A vítima teria dito que “pareciam ser vietnamitas”.

Fontes: KTV e Sankei TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!