Previsão de calor de início de primavera e pólen

Temperaturas altas, aumento do pólen e chuva em diversas regiões do Japão

Publicidade

As temperaturas se tornam gradualmente mais quentes para essa época do ano em todo o país. Existe a possibilidade de chuvas fortes na segunda metade da semana.

Céu ensolarado no início da semana

O início e o fim desta semana serão atingidos por um sistema móvel de alta pressão. O lado do Pacífico continuará a desfrutar de céu claro, enquanto o lado do Mar do Japão também deverá ter o céu mais claro durante a semana, com muitas áreas com poucas nuvens no céu.

No início da semana, espera-se que uma massa de ar quente venha do sul, trazendo temperaturas mais altas para esta época do ano em muitas áreas. Isso é particularmente perceptível de terça a quinta, com uma temperatura máxima de 19°C em Tóquio na quinta, igual a de meados de abril.

Espera-se que as temperaturas caiam temporariamente por volta do dia 16 (sexta-feira), mas o fim de semana seguinte deverá ter temperaturas altas incomuns para a época.

O pólen também pode começar a espalhar com o aumento das temperaturas. É provável que as contramedidas contra kafunsho sejam necessárias em breve.

Chuva generalizada na segunda metade da semana

De quarta a sexta, espera-se que chuva e neve caiam em uma ampla área do arquipélago japonês devido a um sistema de baixa pressão.

Nas regiões de Tohoku e Hokuriku, espera-se chuvas e nevascas repetidamente. Tenha cuidado com congelamento das pistas e ruas escorregadias.

Kafunsho

Como a previsão é de aumento do nível de pólen, veja estas matérias que podem ajudar na prevenção e sintomas:

Ranking dos produtos para kafunsho mais vendidos no Japão
Guia completo dos iogurtes no Japão
Fonte: Weather News

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Time de basquete feminino avança para as Olimpíadas em partida emocionante

Publicado em 12 de fevereiro de 2024, em Sociedade

Time japonês de basquete feminino faz vitória marcante contra o Canadá e vai pela terceira vez consecutiva para as Olimpíadas

Imagem: NHK

O time japonês de basquete feminino vence a última partida das eliminatórias contra o Canadá e garante classificação nas Olimpíadas.

Publicidade

O Japão venceu um jogo acirrado contra o Canadá por 86 a 82 das qualificatórias para as Olimpíadas, garantindo sua vaga aos Jogos Olímpicos pela terceira vez consecutiva, um feito histórico para o país.

Nas Eliminatórias Olímpicas Mundiais de Basquete Feminino, quatro equipes jogam entre si em torneio no formato de chaves, com as três primeiras equipes de cada chave se classificando para os Jogos de Paris.

No grupo do Japão, as quatro equipes estavam empatadas com uma vitória e uma derrota cada, fazendo com que a última partida tivesse um clima de final para os times. O Japão, que ocupa a nona posição no ranking mundial, jogou contra o Canadá, uma equipe forte que ocupa a quinta posição no ranking mundial.

No primeiro quarto do jogo, as adversárias do Japão estavam cautelosas com as cestas de três pontos, que é o forte do Japão, e defenderam o lado de fora da quadra, enquanto o Japão se concentrou em garantir cestas de 2 pontos, para terminar o primeiro quarto empatado em 20 a 20.

No segundo quarto, Evelyn Mawuli fez o primeiro arremesso de três pontos da equipe no jogo e Mai Yamamoto fez dois arremessos de três pontos para dar ao Japão uma vantagem de quatro pontos, 50 a 46.

O quarto e último quarto continuou apertado, com as equipes empatadas em 79 a 79, faltando cerca de quatro minutos e meio para o final.

Com uma vantagem de três cestas faltando 41 segundos, Yamamoto pegou uma bola perdida e arremessou de uma posição difícil para colocar sua equipe à frente.

Com Yamamoto e Evelyn marcando 21 pontos, o Japão venceu um jogo apertado por 86 a 82 e, confirmou seu lugar entre os três primeiros de seu grupo e sua participação nos Jogos Olímpicos.

O estilo de jogo japonês

As táticas japonesas centradas em arremessos de três pontos mostradas nas Olimpíadas de Tóquio foram estudadas e contramedidas foram tomadas pelas equipes mais fortes do mundo.

Mesmo assim, o Japão não mudou suas táticas. A defesa persistente leva a ataques rápidos e cestas de 3 pontos. O técnico Onzuka, cujo conceito de equipe era “um exército de atiradores que correm e vencem“, citou a velocidade, a persistência e o trabalho em equipe como três pontos-chave.

A altura média da equipe japonesa selecionada para as Eliminatórias para a Final Mundial deste ano é de pouco mais de 1,74m. Os três países contra os quais eles jogarão, Espanha, Canadá e Hungria, são todos em média 8 a 9 cm mais altos, e o Japão entrou no torneio determinado a jogar basquete com velocidade para compensar sua altura inferior.

Com isso em mente, o Japão é um time conhecido por adotar estratégias de jogo rápido, com pouco tempo de bola parada e muita correria pela quadra. Entretanto, manter esse ritmo acelerado é extremamente difícil.

Após a derrota no jogo contra a Hungria, Evelyn Mawuli e Mai Yamamoto atribuíram a derrota ao fato de que elas “pararam no caminho” e, como resultado, o Japão não conseguiu manter a recuperação e parar os ataques das adversárias.

Ofensivamente, as japonesas também não conseguiram se livrar das marcações das adversárias e não conseguiram acertar seus marcantes arremessos de três pontos.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!