Produção em fábricas no Japão diminui no ritmo mais rápido em cerca de 4 anos

A queda na produção de veículos se soma a preocupações com a fragilidade de uma economia que entrou em recessão no fim do ano passado.

A produção no Japão caiu em sua maioria para veículos (ilustrativa/banco de imagens)

A produção em fábricas no mês de janeiro no Japão diminuiu no ritmo mais rápido desde maio de 2020, mostraram dados do governo nesta quinta-feira (29), visto que a queda na fabricação de veículos se soma a preocupações com a fragilidade de uma economia que entrou em recessão no fim do ano passado.

Publicidade

De acordo com dados do Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI), a produção industrial caiu 7,5% em janeiro ante o mês anterior. Isso foi ligeiramente pior do que a previsão mediana de mercado para uma queda de 7,3%, com a produção diminuindo em 14 das 15 indústrias entrevistadas pelo METI.

O ministério também rebaixou sua avaliação de produção industrial pela primeira vez desde julho do ano passado, expondo os desafios para a economia enquanto tenta se recuperar de uma recessão no fim do ano passado.

Analistas na Capital Economics dizem que os dados sugerem que o PIB (Produto Interno Bruto) pode ter contraído novamente no atual trimestre.

“A queda na produção industrial de janeiro sugere que o PIB caíra novamente neste trimestre, que se somará à posição de que a economia do Japão está em recessão”, disse Gabriel Ng, economista assistente na Capital Economics.

A produção caiu em sua maioria para veículos, uma queda de 17,8% em janeiro em comparação ao mês anterior.

“A queda em fabricação relacionada a automóveis, que havia se mantido excepcionalmente forte em meio à produção industrial estagnada devido a uma fraca demanda global por produtos, é um grande abalo para a economia japonesa”, disse Kota Suzuki, economista da Daiwa Securities.

A fabricação de maquinários elétricos e equipamento eletrônico de informação e comunicação, incluindo baterias de íon-lítio, também despencou 8,3%.

Fabricantes entrevistadas pelo METI esperam que a produção ajustada sazonalmente aumente 4,8% em fevereiro e 2% em março.

Entretanto, a previsão de ganhos de produção para fevereiro e março não são grandes o suficiente para compensar a queda de janeiro, disse um funcionário do METI.

Fonte: Channel News Asia

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

As companhias aéreas mais seguras do mundo 2024

Publicado em 29 de fevereiro de 2024, em Notícias do Mundo

As 25 companhias aéreas mais seguras em 2024 estão sempre na linha de frente de inovação de segurança, excelência operacional e com lançamentos de aeronaves mais avançadas.

A companhia aérea da Nova Zelândia retomou o lugar de topo para 2024, destronando a Qantas (ilustrativa/banco de imagens)

A Air New Zealand capturou mais uma vez o título de companhia aérea mais segura do mundo.

Publicidade

A companhia aérea da Nova Zelândia retomou o lugar de topo para 2024, destronando a Qantas, de acordo com a AirlineRatings.com, que compila os rankings todos os anos. Anteriormente, a Air New Zealand havia mantido o primeiro lugar em 2022.

A aérea australiana Qantas, que ficou em primeiro no ano passado, ficou em 2º na lista de 2024, seguida pela Virgin Australia, Etihad Airways e Qatar Airways entre as 5 mais seguras.

“As 25 companhias aéreas mais seguras em 2024 estão sempre na linha de frente de inovação de segurança, excelência operacional e com lançamentos de aeronaves mais avançadas”, incluindo as da Airbus A350, a Boeing 787 e a Boeing 777-9, disse o editor chefe da ArilineRatings.com, Geoffrey Thomas, em uma declaração.

Para determinar as aéreas mais seguras, o grupo olhou várias categorias, incluindo acidentes nos últimos 5 anos, incidentes graves nos últimos 2 anos, audições da indústria da aviação, audições do governo, idade da frota das aeronaves e treinamento que a tripulação recebe.

Confira quais são as 25 companhias aéreas mais seguras do mundo:

Posição Companhia Aérea País/Nação
1 Air New Zealand Nova Zelândia
2 Qantas Austrália
3 Virgin Australia Austrália
4 Etihad Airways Emirados Árabes Unidos
5 Qatar Airways Catar
6 Emirates Emirados Árabes Unidos
7 All Nippon Airways Japão
8 Finnair Finlândia
9 Cathay Pacific Airways Hong Kong
10 Alaska Airlines EUA
11 Scandinavian Airlines System Suécia, Noruega, Dinamarca
12 Korean Air Coreia do Sul
13 Singapore Airlines Singapura
14 EVA Air Taiwan
15 British Airways Reino Unido
16 Turkish Airlines Turquia
17 TAP Air Portugal Portugal
18 Lufthansa Alemanha
19 KLM Holanda
20 Japan Airlines Japão
21 Hawaiian Airlines EUA
22 American Airlines EUA
23 Air France França
24 Air Canada Canadá
25 United Airlines EUA
Fonte: Travel and Leisure

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!