Google investirá US$1 bilhão para aumentar conectividade entre EUA e Japão

O Google disse que investirá US$1 bilhão para melhorar a conectividade digital entre EUA e Japão através de 2 novos cabos submarinos.

Investimento do Google de US$ 1 bilhão para melhorar a conectividade digital entre EUA e Japão (banco de imagens)

O Google investirá US$1 bilhão para melhorar a conectividade digital entre EUA e Japão através de 2 novos cabos submarinos, disse a empresa de propriedade da Alphabet na quarta-feira (10), em meio a uma visita do primeiro-ministro japonês para promover relações entre os países.

Publicidade

Os 2 cabos submarinos, o Proa e o Taihei, melhorarão a conectividade entre EUA, Japão e vários países e territórios nas ilhas do Pacífico, disse o Google em uma publicação de blog.

A região do Pacífico se tornou uma grande área de interesse para a China e EUA, os quais estão competindo por influência na zona com ofertas alternativas por infraestrutura e parcerias militares.

O Google disse que o cabo submarino Proa conectaria os EUA, Japão, as Marianas Setentrionais e Guam, enquanto o Taihei ligaria os EUA, Japão e Havaí.

A gigante da tecnologia também disse que trabalharia em colaboração com empresas sediadas no Japão – incluindo a KDDI, Ateria Netrworks, Citadel Pacific das Filipinas e a CNMI – para melhorar a conectividade digital na região.

Cabos submarinos são a espinha dorsal da internet, assumindo 99% do trafego de dados do mundo.

Fonte: Yomiuri

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Gunma quer receber mais estrangeiros e implementa melhorias

Publicado em 12 de abril de 2024, em Sociedade

Com declínio populacional, o aumento de estrangeiros residindo na província é visto como fator positivo e se prepara para receber mais.

Balcão da Hello Work de Maebashi, em Gunma (NHK)

De acordo com informações do governo da província de Gunma o número de estrangeiros residentes até 1.º do mês passado somou cerca de 66 mil pessoas, um aumento de cerca de 7,4 mil em relação ao mesmo período do ano passado.

Publicidade

As cidades com mais residentes estrangeiros são Isesaki com 14,3 mil, seguida de Ota com 12,9 mil e Oizumi com 7,8 mil pessoas. 

Por outro lado, a população total em 1.º de março é de 1,89 milhão de habitantes, com queda de 11,5 mil em relação ao ano passado. Além do declínio populacional, a baixa taxa de natalidade e o envelhecimento, Gunma continua a melhorar sua capacidade para receber os estrangeiros.  

Em meio à escassez de mão de obra, também começaram iniciativas para ajudar os estrangeiros que vivem na província a encontrar emprego.

A Hello Work de Maebashi montou um balcão dedicado para estudantes internacionais a partir deste mês e já está dando frutos, pois um estudante de Sri Lanka em busca de colocação em tempo parcial recebeu instruções de como preparar um currículo e também foi apresentado aos locais que necessitam arubaito.

A prefeitura da cidade de Isesaki iniciou neste mês a divulgação de informações para os residentes estrangeiros usando a inteligência artificial (IA) para a tradução e locução em vários idiomas, através da Isesaki FM.

Durante 5 minutos, todas as quartas-feiras de manhã, tarde e noite, é feito um rodízio para as informações em inglês, português, vietnamita, espanhol e outros, para divulgar assuntos úteis. O uso da IA vai ajudar também no caso da ocorrência de um desastre.

Essas transmissões também estão disponíveis online para que os estrangeiros possam ouvi-las a qualquer hora. 

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!