Grupo de médicos e dentistas no Japão processa o Google

A gigante da tecnologia dos EUA está sendo processada por um grupo de médicos e dentistas no Japão por manter avaliações as quais eles dizem serem injustas.

No Google Maps, os usuários podem publicar suas avaliações sobre instituições e classificar seus serviços em uma escala de 1 a 5 (banco de imagens)

Um grupo de médicos e dentistas no Japão moveu uma ação judicial na quinta-feira (18) buscando um total de ¥1,4 milhão em danos do Google LLC por manter o que eles dizem ser avaliações (reviews) injustas publicadas em seu app de navegação.

Publicidade

Os requerentes, formados por 63 profissionais na indústria da saúde a nível nacional, moveram a ação junto ao Tribunal Distrital de Tóquio, afirmando que avaliações negativas infundadas deixadas no Google Maps causaram enormes inconvenientes aos seus negócios.

Essa é a primeira ação do tipo contra a gigante da tecnologia que fornece serviços de plataforma, de acordo com o conselho de defesa do grupo.

No Google Maps, os usuários podem publicar suas avaliações sobre instituições e classificar seus serviços em uma escala de 1 a 5. Outras informações sobre os negócios também estão disponíveis, incluindo local e horário de funcionamento.

“As operações de muitas instituições médicas foram obstruídas por difamações, insultos e publicações falsas de “fechado para o público”, disse um médico que administra sua clínica particular em Tóquio e é líder dos requerentes.

Yuichi Nakazawa, advogado dos requerentes, disse que não é certo que o Google não arque com nenhuma responsabilidade considerando a posição de desvantagem dos requerentes, acrescentando que é um fardo pesado para indivíduos solicitarem exclusões de avaliações.

Os requerentes de várias partes do Japão insistem que enquanto eles não possam argumentar contra avaliações infundadas devido à confidencialidade entre médico e paciente, o Google não tomou ação apropriada.

A gigante da tecnologia dos EUA vem tentando reduzir informação incorreta e confusões, mas se recusou a comentar sobre um caso individual.

Fonte: Japan Today

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Primeiro-ministro do Japão visitará o Brasil

Publicado em 19 de abril de 2024, em Notícias do Mundo

Essa será a primeira viagem de Fumio Kishida à América do Sul desde que assumiu o poder em 2021.

Kishida será acompanhado por líderes de negócios para essa viagem, que focará pesadamente em fortalecer cooperação econômica (Wikimedia Commons/Secretariado do Gabinete Gabinete de Relações Públicas)

O primeiro-ministro japonês Fumio Kishida visitará o Brasil e Paraguai no início de maio, visando reforçar relações econômicas com países na América do Sul e conter esforços chineses e russos para conquistar a região.

Publicidade

Essa será a primeira viagem de Kishida à América do Sul desde que assumiu o poder em 2021. O falecido ex-primeiro-ministro Shinzo Abe visitou o Brasil em 2016 e o Paraguai em 2018.

Kishida será acompanhado por líderes de negócios para essa viagem, que focará pesadamente em fortalecer cooperação econômica.

Tóquio visa garantir novos laços em tecnologia de bioetanol e outras de descarbonização, assim como em minerais essenciais.

Muitos países sul-americanos têm fortes ligações econômicas com a China. O Brasil conta com a China como sua maior parceira, tanto para importações como exportações.

O Japão está avançando em esforços público-privados para encorajar essas nações a reduzirem suas dependências de redes e fornecimento em Pequim.

O Brasil é uma voz líder no Sul Global, e parte do BRICS junto com a Rússia, Índia, China e África do Sul. Ele também lidera a cúpula do G20 deste ano.

Kishida se encontrará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para afirmar a importância de manter e fortalecer ordem internacional baseada em regras.

Ele também fará um discurso em São Paulo sobre política da América Latina do Japão e conversará com a comunidade nipônica para enfatizar as relações históricas dos países.

Cerca de 2,7 milhões de descendentes de japoneses vivem no Brasil, de acordo com o Ministério de Relações Exteriores japonês.

Kishida, que se tornará o segundo líder japonês a visitar o Paraguai, planeja destacar os valores compartilhados entre o Japão e o país.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!