Agricultores amargam roubos de melão, o último foi de 500 unidades

Um agricultor teve danos no seu cultivo pelo roubo de cerca de 500 unidades de melão especial.

Foto ilustrativa de viatura da polícia (Wikimedia)

Segundo informações da polícia, de quarta-feira (15), um agricultor que cultiva melão na cidade de Hokota (Ibaraki), relatou roubo de parte de sua produção.

Publicidade

A denúncia foi por volta das 9h do dia anterior, terça-feira (14). A polícia foi enviada para o local, onde o agricultor de 76 anos, cultiva a fruta em estufas. O ladrão ou os ladrões cortaram aleatoriamente os ramos da plantação, danificando-a e cerca de 500 unidades da fruta foram roubadas. 

A variedade dessa fruta é a Lennon Melon, muito apreciada pois é aromática e tem uma polpa de cor coral, muito suculenta e saborosa, por isso, procurada pelos consumidores. 

A polícia acredita que os 500 melões tenham sido roubados de uma só vez, e que não deve ter sido só um ladrão. Estima-se que o crime tenha ocorrido entre as 17h de terça às 8h de quarta-feira. 

Esse foi o terceiro caso de roubo de melões na cidade de Hokota desde o início deste ano. Por isso, a polícia pede a instalação de câmeras de segurança, sensores de luz e com alarme por parte dos agricultores. Além disso, recomenda organizar patrulhamento como medida preventiva.

Fonte: ANN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mais de 80 mil estrangeiros trabalham em lojas de conveniência no Japão

Publicado em 16 de maio de 2024, em Sociedade

O número de cidadãos estrangeiros trabalhando em lojas de conveniência no Japão aumentou em 1,4 vez comparado há 5 anos.

As 3 principais rede de lojas de conveniência que mais contratam estrangeiros são a Seven-Eleven, Lawson e FamilyMart (ilustrativa/banco de imagens)

Mais de 80 mil cidadãos estrangeiros trabalham meio período nas 3 principais redes de lojas de conveniência do Japão, mostraram dados coletados divulgados no jornal Mainichi na quarta-feira (15), em uma tendência que provavelmente continuará em meio à escassez de mão de obra de uma população em envelhecimento.

Publicidade

Trabalhadores estrangeiros representam agora 10% da força de trabalho de meio período em unidades da Seven-Eleven, Lawson e FamilyMart, de acordo com os dados.

De acordo com uma pesquisa sobre as principais lojas de conveniência em abril, a Seven-Eleven tinha o maior número de funcionários de meio período estrangeiros, a 40 mil, enquanto a Lawson cerca de 24 mil e a FamilyMart 18 mil.

Segundo a Associação de Franquias do Japão, o número de cidadãos estrangeiros trabalhando em lojas aumentou em 1,4 vez comparado há 5 anos.

Dados fornecidos pelas 3 principais redes de lojas de conveniência mostram que enquanto pessoas de muitas nacionalidades formam o número de cerca de 80 mil, uma porção significante consiste de indivíduos de países como China, Vietnã e Nepal.

Um deles é a chinesa de 37 anos Lyu Ling, que trabalhou em várias lojas de conveniência. “No início eu não entendia japonês, então o gerente da loja me ajudava, e eu aprendi gradualmente a falar”, disse ela de seu atual local de trabalho em uma unidade da FamilyMart em Tóquio popular entre turistas.

Devido ao grande número de hotéis na área, a loja recebe vários clientes chineses. “Isso satisfaz os clientes também se conseguimos interagir com eles em chinês”, disse ela.

Cerca de 80% dos funcionários da loja são estrangeiros, uma indicação das dificuldades que algumas lojas têm enfrentado em encontrar trabalhadores japoneses.

Um gerente de uma loja disse, “sem funcionários estrangeiros, não temos pessoas suficientes para cobrir os turnos”.

Muitos dos que se candidatam são estudantes internacionais que visam melhorar suas habilidades em japonês através do trabalho, de acordo com dados das 3 principais redes.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!