Alerta é emitido por falsas versões de medicamento com efeito de emagrecimento

O medicamento é por vezes conhecido como ‘skinny jab’, apesar de seu propósito principal ser um tratamento para diabetes tipo 2.

A OMS disse que os falsos medicamentos podem representar um perigo para a saúde (ilustrativa/banco de imagens)

Um alerta global sobre versões falsas do Ozempic – que se tornou popular como maneira de perder peso – foi emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

Publicidade

O medicamento é por vezes conhecido como “skinny jab” (injeção de emagrecimento), apesar de seu propósito principal ser um tratamento para diabetes tipo 2.

A OMS disse que os falsos medicamentos podem representar um perigo para a saúde.

A organização orientou as pessoas a obterem o medicamento apenas através de fontes confiáveis, como médicos, ao invés de sites desconhecidos ou mídia social.

O ingrediente ativo no Ozempic – o semaglutida – ajuda as pessoas com diabetes tipo 2 a controlarem a quantidade de açúcar no sangue.

Entretanto, a injeção semanal também sinaliza o cérebro que estamos saciados. Então, o medicamento ajuda as pessoas a perderem peso ao reduzir a urgência de comer.

Pessoas que não têm diabetes estão tendo acesso ao Ozempic como medicamento para perda de peso.

Isso levou à escassez para pessoas com diabetes tipo 2 e criou um mercado para medicamentos falsos.

A OMS disse que vinha rastreando aumento de relatos de medicamentos Ozempic duvidosos em todo o mundo desde 2022.

Lotes falsos foram apreendidos por autoridades no Reino Unido, EUA e Brasil.

“Pedimos a profissionais da saúde, autoridades regulatórias e ao público que tenham cuidado com esses lotes falsificados de medicamentos”, disse a Dra. Yukiko Nakatani, diretora-geral assistente para medicamentos essenciais e produtos de saúde da OMS.

A OMS alertou que algumas injeções falsas podem não conter semaglutida de forma alguma ou outros podem conter outros medicamentos, como insulina, levando a efeitos “inesperados”.

Uma versão mais forte do Ozempic foi desenvolvida especificamente para perda de peso e é comercializada como Wegovy.

Fonte: BBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Início da estação chuvosa em 3 regiões mais populosas do Japão

Publicado em 21 de junho de 2024, em Tempo

Foi feito o anúncio do início do período de chuvas nas regiões centrais do país.

Foto ilustrativa de dia chuvoso (Pexels)

Na sexta-feira (21) a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) anunciou que as regiões Kinki, Tokai e Kanto-Koshin entraram na estação chuvosa.

Publicidade

O período chuvoso começou com 15 dias de atraso (em relação à média anual) nas regiões Kinki e Tokai, sendo que comparado ao ano passado são 23 dias de atraso.

Em relação à região Kanto-Koshin, o atraso foi de 14 dias em relação à média anual e 13 dias comparados ao ano de 2023.

De acordo com a AMJ, o início da estação chuvosa está sendo marcado com atraso em todo o país, uma vez que a frente baiyu demorou mais tempo a se mover para norte do que o habitual por causa de um problema com a formação do anticiclone no Pacífico.

Por isso, a região Kanto-Koshin ficou marcada com o segundo início mais tardio desde o início das estatísticas.

A AMJ ressaltou que mesmo tendo iniciado a estação chuvosa nas 3 regiões mais populosas, haverá alguns dias de sol durante a próxima semana, mas obviamente o tempo deverá ser mais úmido, com mais chuva.

A região Kanto-Koshin é composta das províncias: Gunma, Tochigi, Ibaraki, Saitama, Tóquio, Chiba, Kanagawa, Nagano e Yamanashi.

Já a região Kinki é composta das províncias de Nara, Wakayama, Quioto, Osaka, Hyogo e Shiga. 

A região Tokai é composta por Aichi, Gifu, Mie e Shizuoka. 

Fontes: News Digest e Asahi 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!