Chef de cozinha japonês é morto a facadas em rua no Canadá

Ele começou a trabalhar em Vancouver em um restaurante japonês estilo izakaya em 2015.

O japonês estava esperando uma carona após sair para beber quando foi atacado e morto (ilustrativa/banco de imagens)

O chef de cozinha japonês Wataru Kakiuchi foi fatalmente esfaqueado em Vancouver, no Canadá, no início desta semana, disse na quinta-feira (6) o Consulado-Geral do Japão após ser notificado sobre o ataque pela polícia.

Publicidade

Kakiuchi, de 32 anos, foi encontrado ferido por volta das 3h30 (hora local) de quarta-feira (5) em uma rua perto da Chinatown da cidade e morreu antes de poder ter sido levado ao hospital, disse a mídia local.

O japonês, que era popular entre os residentes, estava esperando uma carona após sair para beber na noite de terça-feira (4) quando foi atacado, de acordo com reportagens da mídia local.

Ele começou a trabalhar em Vancouver em um restaurante japonês estilo izakaya em 2015, algumas vezes levando sua guitarra para sessões de improviso, e havia manifestado seu desejo de continuar no Canadá permanentemente, divulgou a mídia.

O prefeito de Vancouver, Kim Sim, emitiu uma declaração chamando o esfaqueamento de “sem sentido” e ofereceu suas condolências à família de Kakiuchi e amigos.

“Wataru Kakiuchi foi mais do que um chef talentoso. Ele foi uma presença positiva e um amigo querido para muitos”, disse a declaração.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mundo segue em direção a novas temperaturas recordes, alertam Nações Unidas

Publicado em 7 de junho de 2024, em Tempo

A chance de altas temperaturas, atualmente a 80%, vem aumentando estavelmente desde 2015, quando tal probabilidade estava perto de zero.

Mesmo nos níveis atuais de aquecimento global, já há consequências do clima devastadoras (ilustrativa/banco de imagens)

Pelo menos um dos anos entre agora e 2028 muito provavelmente estabelecerá um novo recorde de temperatura, rompendo o limite crucial de 1,5ºC, disse na quarta-feira (6) a agência climática das Nações Unidas.

Publicidade

A mais recente previsão da Organização Meteorológica Mundial (OMM) indica que há uma probabilidade de 80% de que o mundo verá a média de temperatura anual global exceder temporariamente 1,5ºC acima dos níveis pré-industriais por pelo menos um dos próximos 5 anos.

“A OMM está fazendo o alerta de que excederemos o nível de 1,5ºC em uma base temporária com crescente frequência”, disse a vice-secretária-geral da OMM, Ko Barrett.

Está previsto que a temperatura média global perto da superfície para cada ano entre 2024 e 2028 fique entre 1,1ºC e 1,9ºC mais alta do que a linha de base de 1850 a 1900.

A chance de tais altas temperaturas – atualmente a 80% – vem aumentando estavelmente desde 2015, quando tal probabilidade estava perto de zero.

Para os anos entre 2017 e 2021, havia uma chance de 20% de ultrapassar o limite, e isso aumentou para uma chance de 66% entre 2023 e 2027.

“Por trás dessas estatísticas está a realidade sombria de que estamos fora do caminho de atender a metas estabelecidas no Acordo de Paris”, disse Barrett.

Mesmo nos níveis atuais de aquecimento global, já há consequências do clima devastadoras como mais ondas de calor, chuva extrema e seca, reduções nas camadas de gelo e geleiras, aceleração do nível de aumento do mar e aquecimento dos oceanos.

Fonte: United Nations

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!