Página excluída do sistema

A página solicitada foi movida ou excluída

Desculpe, a página solicitada foi excluída do sistema... Por diversos motivos, alguns conteúdos são excluídos após algum tempo.

As seções principais do Portal Mie (clique para abrir):

- HOME - página inicial

- NOTÍCIAS DO JAPÃO E DO MUNDO

- EMPREGOS NO JAPÃO

- EVENTOS E FOTOS PORTAL MIE

- MAGAZINE PORTAL MIE

- AGENDA DE EVENTOS

Por favor utilize a busca do Portal Mie para encontrar outros itens com este mesmo tema.

Publicidade

+ lidas agora

> >

--

Governo rumo à mudança para que o arubaito contribua para a aposentadoria

Publicado em 12 de junho de 2024, em Política

O painel de especialistas do governo considera que os trabalhadores arubaito e part timers adiram à aposentadoria, eliminando o atual requisito, parcial.

Foto ilustrativa de salário (PM)

Na terça-feira (11), o Painel de Peritos em Seguros dos Trabalhadores do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão (MHLW) confirmou a necessidade de abolir a exigência do porte da empresa para que os trabalhadores a tempo parcial (part time) e arubaitos se inscrevam no plano de pensões (aposentadoria). 

Publicidade

As discussões estão programadas para serem finalizadas no próximo mês e o governo iniciará discussões em grande escala sobre a abolição com base no que for apresentado.

A atual exigência de ter 101 ou mais funcionários (ou 51 ou mais a partir de outubro deste ano) tem a proposta de ser eliminada para que muito mais trabalhadores tenham mais segurança na velhice, aplicando o sistema de previdência social que muitas das empresas não inscrevem seus trabalhadores.  

Foi o governo que tem reduzido gradualmente os requisitos de elegibilidade para trabalhadores a tempo parcial que trabalham mais de 20 horas por semana e ganham um salário mensal de 88 mil ienes ou mais. 

Atualmente, cerca de 900 mil pessoas estão cobertas pelo sistema, um aumento de aproximadamente 200 mil em relação a outubro do ano passado. Se a exigência for abolida, espera-se que o número aumente em 1,3 milhão de pessoas.

“O fato de a lei se aplicar a diferentes locais de trabalho deve ser corrigido”, disse um dos participantes.

Por outro lado, quando o Sistema de Pensões dos Trabalhadores for recentemente aplicado, essa contribuição é dividida em 50% para cada parte – trabalhador e empresa – o que aumentará os encargos financeiros.

Na reunião, foi salientado que também serão necessárias medidas de apoio e a garantia de tempo para a preparação. Há preocupações sobre os encargos econômicos e administrativos para as pequenas e médias empresas, bem como o impacto na segurança recursos humanos.

O governo planeja apresentar um projeto de lei relacionado com a reforma das pensões (aposentadoria) à sessão regular da Dieta em 2025.

Fontes: Yomiuri e Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!