Criança fica presa em Tesla após carro ficar sem bateria

Os bombeiros tiveram que quebrar a janela do Molde Y da Tesla com um machado e tiraram a criança do carro.

A avó da menina havia colocada a neta no carro para um passeio até o zoológico (ilustrativa/banco de imagens)

Uma criança de 1 ano e 8 meses no Arizona, nos EUA, ficou presa recentemente em um Model Y da Tesla após a bateria do carro ter descarregado, criando uma “situação perigosa” em que bombeiros tiveram que quebrar a janela do carro com um machado para resgatá-la.

Publicidade

Renee Sanchez, a avó da menina, colocou a neta no carro para um passeio até o Zoológico de Phoenix. Após ter fechado a porta de trás, Sanchez foi para sentar-se no banco do motorista e viu que a da frente não abria.

“Não consegui entrar. Minha phone key não abria. Meu cartão-chave não abria”, disse ele ao site AZ Family.

Michael Brooks, diretor-executivo do Centro para Segurança Automobilística, disse ao site Fortune que uma criança pequena presa em um carro, no calor do Arizona, pode ficar criticamente sob perigo em 15 minutos. Após 30, muitas crianças morrem nos veículos com altas temperaturas.

Sanchez, confrontada com o que Brooks chamou de situação “perigosa”, não teve escolha além de chamar o serviço de emergência. Os bombeiros correram para o local, então se frustraram assim que viram qual carro era.

“A primeira coisa que eles disseram foi, Oh, é um Tesla. Não podemos entrar nesses carros”, disse Sanchez. “E eu disse, não me importo se tiverem que cortar meu carro ao meio. Simplesmente tirem minha neta de lá”.

Os bombeiros quebraram a janela com um machado e tiraram a criança do carro.

Enquanto a menina estivesse bem nos primeiros minutos, Sanchez disse que ela ficou assustada e começou a chorar durante o alvoroço. Os bombeiros deram um chapéu de bombeiro à criança para acalmá-la.

A bateria de 12V – responsável por abastecer os sistemas elétricos do carro – havia descarregado sem aviso. Supõe-se que Teslas têm sinais de alerta persistentes quando sua bateria de 12V está fraca, disse o especialista em veículos elétricos Mike Klimkosky.

O fato da bateria ter simplesmente falhado “parece muito estranho”, acrescentou ele.

Fonte: Yahoo

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Poucos querem que Kishida continue como primeiro-ministro, mostra pesquisa

Publicado em 24 de junho de 2024, em Política

Apenas 10,4% da população no Japão quer que o primeiro-ministro Fumio Kishida vença a corrida pela liderança do PLD e continue a atuar como premiê.

Insatisfação contínua do público com a gestão da política de Fumio Kishida (banco de imagens)

Apenas 10,4% da população no Japão quer que o primeiro-ministro Fumio Kishida vença a corrida pela liderança do dominante Partido Liberal Democrático (PLD) prevista para setembro e continue a atuar como premiê, mostrou uma pesquisa no domingo (23) divulgada pelo jornal Mainichi.

Publicidade

Na pesquisa por telefone a nível nacional, conduzida por 2 dias a partir de sábado, a taxa de aprovação para o Gabinete de Kishida foi de 22,2%, queda de 2 pontos percentuais ante 24,2% da anterior em maio, revelando a insatisfação contínua do público com a gestão de sua política.

Por outro lado, a taxa de desaprovação para o Gabinete de Kishida situou-se a 62,4%, inalterada da pesquisa anterior.

Contra o cenário da impopularidade de Kishida, 36,6% disseram que queriam que ele renunciasse como primeiro-ministro assim que possível.

Um total de 78,9% dos entrevistados na pesquisa disse que uma lei revisada para reformar fundos políticos promulgada pelo parlamento do Japão na semana passada não resolve a questão de dinheiro na política.

O projeto para a lei de controle de fundos políticos alterados foi apresentado à Dieta (parlamento) pelo PLD em maio após uma série de escândalos financeiros que erodiram a confiança pública na política.

Sobre a questão de uma redução de imposto residencial e sobre salário que o governo começou neste mês, 69,6% disseram que isso não ajuda famílias em necessidade em meio aos custos altos.

Pessoal de pesquisa ligou para 512 famílias selecionadas aleatoriamente com eleitores elegíveis e 2.624 telefones celulares, recebendo respostas de 431 lares e 625 usuários de smartphones.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!