Daihatsu é ordenada pelo governo a fazer recall de 3 modelos

Dois dos modelos alvo de recall são OEM (fabrica para outras montadoras).

Modelo Gran Max, um dos alvos de recall (reprodução)

Na terça-feira (25), o Ministério de Terras, Infraestruturas, Transportes e Turismo (MLIT) anunciou que concluiu as verificações dos 45 modelos de veículos que tiveram confirmação de fraude nos testes de certificação dos modelos da montadora Daihatsu Motor.

Publicidade

Dentre eles, 3 modelos de veículos cujas designações já foram revogadas não atendem a alguns padrões, por isso a Daihatsu foi solicitada a notificar imediatamente o recall deles.

Segundo o MLIT os 3 modelos alvos do recall são:

  • Gran Max da própria Daihatsu
  • Town Ace da Toyota 
  • Bongo da Mazda

Nos testes para confirmar se não ocorre vazamento de combustível ou que a bateria não se move quando o veículo é atingido na traseira, a bateria saiu da posição designada em todos os modelos

Fontes: NHK e Asahi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Escolas japonesas na China aumentam segurança após ataque em Suzhou

Publicado em 25 de junho de 2024, em Ásia

Uma japonesa e seu filho foram feridos no ataque e a condição de saúde de uma chinesa que foi esfaqueada no ônibus é grave.

O veículo estava transportando estudantes da escola para casa em Suzhou (NHK)

Escolas japonesas na China estão aumentando a segurança após um ataque em um ônibus que transportava alunos em Suzhou, no leste do país.

Publicidade

O Consulado-Geral do Japão em Xangai diz que um homem, aparentemente armado com uma faca, apareceu quando o ônibus chegou em uma parada na segunda-feira (24).

O veículo estava transportando estudantes da escola para casa em Suzhou.

Funcionários consulares dizem que uma japonesa e seu filho foram feridos no ataque e que uma atendente chinesa no ônibus foi esfaqueada e sua condição de saúde é grave.

Acredita-se que o agressor seja chinês. Ele teria sido detido e está sendo interrogado, mas o motivo de suas ações continua incerto.

A escola em Suzhou foi fechada nesta terça-feira (25).

A Embaixada Japonesa em Pequim diz que escolas na cidade, em Xangai e em outros lugares na China estão funcionando normalmente, mas pediram para autoridades locais aumentarem a segurança.

Pais também estão sendo solicitados a acompanharem os filhos no caminho da escola para casa.

Em Tóquio, o secretário-chefe de Gabinete, Yoshimasa Hayashi, manifestou pesar em relação ao incidente e disse que espera pela recuperação das vítimas.

Hayashi disse que consulados japoneses por toda a China emitiram emails de alerta, pedindo a cidadãos que fiquem em alerta ao saírem de casa.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!