Desaparecida na praia é encontrada viva a 80 quilômetros de distância

A estrangeira foi resgatada por dois tripulantes de um navio, depois de 36 horas à deriva em alto mar. ‘Foi um milagre’, disse um especialista.

Momento em que o helicóptero da Guarda Costeira a resgata do navio de carga (Guarda Costeira de Yokosuka)

A estrangeira que desapareceu no mar quando saiu para nadar, da praia de Shirahama, da cidade de Shimoda (Shizuoka), antes das 20h de 8 deste mês, foi encontrada viva e resgatada, depois de ter ficado 36 horas à deriva.

Publicidade

Na quarta-feira (10), a Guarda Costeira de Yokosuka (Kanagawa) anunciou que a mulher chinesa de 21 anos que estava desaparecida foi encontrada na costa da praia de Nojimazaki, em Minamiboso (Chiba). 

Esse local fica a 80 quilômetros de distância de onde desapareceu, por isso a polícia e os bombeiros locais não a encontraram nas águas da costa de Shimoda.

Segundo a Guarda Costeira do Japão, por volta das 7h50 de quarta-feira, os tripulantes de um navio cargueiro a viram com a boia. Dois deles saltaram no mar para resgatá-la viva. Embora apresentasse sintomas de desidratação, não corre risco de vida.

A equipe desse navio cargueiro avisou a Guarda Costeira e ela pode ser içada de helicóptero para ser levada a um hospital em Yokohama para fazer exame médico. 

A chinesa está no Japão a turismo. Relatou que “depois de uns 30 minutos que estava nadando percebi que fui levada pela correnteza e tentei voltar a todo custo mas não consegui”. 

No momento do resgate, o tempo estava ensolarado, mas com vento de 10 metros por segundo e ondas de 3 metros de altura. Um especialista em desastres nas águas ouvido pela NTV disse que “foi um milagre”. Explicou que estando à deriva, a chinesa poderia ter sido atingida por um navio, por isso acha que foi um milagre.

Distância de 80 km entre Shimoda e o local em alto mar onde foi encontrada a chinesa (NTV)

Fontes: NTV, Asahi, Yomiuri e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Chuvas pesadas geram alertas e em Izumo rodovia colapsa

Publicado em 11 de julho de 2024, em Sociedade

As chuvas torrenciais estão gerando alerta pelos riscos de desastres, em Yamaguchi, Shimane, Hiroshima e outras províncias de Tohoku. Veja o vídeo do colapso.

Foto aérea feita pelo Drone Center de Shimane, via ANN, do local do colapso seguido de deslizamento

A frente baiyu (da estação chuvosa) está cobrindo uma ampla área do país. Desde quarta-feira (10) as chuvas torrenciais vêm causando danos, com aumento de riscos na quinta-feira (11), especialmente nas regiões Kyushu e Chugoku.

Publicidade

Mas a chuva se estende até a região Tokai, com raios, por isso, é preciso ficar atento aos alertas emitidos pelas autoridades locais. Está prevista chuva a nível de emissão de alertas, entre Tohoku a Kyushu na quinta-feira.

Não se pode subestimar uma advertência ou alerta quando há riscos de enchentes, inundações, deslizamentos e outros desastres. Além disso, é preciso continuar se hidratando para evitar insolação por causa do calor úmido.

Alerta de nível 4 em cidades de Shimane

Motorista do táxi saiu ileso (ANN)

Na noite anterior, quarta-feira, foi emitido alerta de nível 4 (evacuação pelos riscos) para as cidades de Izumo, Unnan e Yasugi, todas da província de Shimane, com alvo de mais de 60 mil pessoas para buscarem abrigo em local seguro.

Uma rodovia colapsou por causa das fortes chuvas, no local turístico, em Taisha, cidade de Izumo, deixando parte da população desse local ilhada. Um táxi passava pelo local quando ocorreu esse colapso, mas o motorista conseguiu escapar ileso.

Segundo a prefeitura, uma extensão de aproximadamente 50 metros de estrada, incluindo o guard rail, desabou em direção ao mar.

Nas províncias de Yamaguchi e Hiroshima, várias cidades também tiveram alerta de nível 4 por causa dos riscos de enchentes, inundações e deslizamentos.

Durante a estação chuvosa e quando da passagem de um tufão é preciso ficar atento aos avisos e alertas das autoridades. Uma forma de verificar sobre os riscos é acessar o site da Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), chamado Kikikuru

Assista ao vídeo gravado pela câmera automotiva. O taxista ligou pedindo socorro e resolveu sair do carro por segurança. Logo em seguida a rodovia colapsou.

Fontes: Weather Yahoo!, FNN, Asahi, ANN, JNN e AMJ

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!