Anisaquíase: número histórico de mortes em 2017

A larva Anisakis é a causadora de uma doença parasitária. Quando detectada rapidamente é possível tratá-la, mas houve aumento de mortes em 2017.

Doença parasitária provocada pelo Anisakis, presente nos pescados e frutos do mar crus (PxHere)

Em 2017 o número de pacientes que morreram da doença chamada de anisaquíase subiu para 242 pessoas. Este foi o maior registrado nos últimos 10 anos, informou o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

Publicidade

A anisaquíase é uma doença parasitária provocada pela larva Anisakis. Ela infecta o estômago e o intestino causando dor intensa na região abdominal, náuseas e vômito, além da febre. Pode levar a pessoa à morte.

Essa larva pode estar presente nos peixes crus como sardinhas e cavalas, além dos mariscos.

A larva Anisakis não morre mesmo deixando os peixes crus de molho no sal ou vinagre.

As únicas formas de eliminá-las são congelando a uma temperatura inferior a -20ºC por mais de 24 horas ou preparar os pescados com aquecimento superior a 70ºC. O governo recomenda também evitar a ingestão de peixes crus.

Porém, ao sentir os sintomas depois de comer peixes ou mariscos crus, deve procurar um médico imediatamente. Só o médico pode detectar esse parasita e depois recomendar um tratamento à base de vermífugo ou remover os parasitas com procedimentos específicos.

Fontes: Asahi e JNN
Foto: PxHere

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Criança estrangeira cai da varanda do danchi e morre

Publicado em 12 de março de 2018, em Acidentes

A menina de 3 anos caiu da varanda do nono andar de um prédio de danchi, em Saitama.

Danchi onde ocorreu o acidente que tirou a vida de uma criança de 3 anos (JNN)

No domingo (11), por volta de 13h30, o pai acionou o 119 para socorrer sua filha, caída entre as plantas do prédio. Ela foi levada para o hospital, onde sua morte foi confirmada.

Publicidade

O pai estava cuidando da filha de 3 anos, pois a mãe estava no trabalho. Ele resolveu dar uma saída para fazer compras e quando voltou para casa não a encontrou. Procurou pelo apartamento e como não a viu, foi para a varanda. Quando olhou para baixo, viu sua filha entre as plantas.

O prédio é da UR, Shibazono Danchi, na cidade de Kawaguchi (Saitama). A filha de 3 anos teria ultrapassado a barreira de 70cm de concreto da varanda ou uma grade de 50cm de altura, numa das extremidades.

O pai, de 36 anos, contou que quando chegou a trava da porta de vidro estava aberta. A família era composta do casal e da menina que morreu, todos de nacionalidade chinesa.

A criança ultrapassou uma das barreiras da varanda, teria sido a grade (JNN)

Fontes: JNN e Sankei
Fotos: JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros