Aumento dos restaurantes que eliminam área para fumantes

Mais uma rede de fast food anunciou que irá eliminar a área para fumantes até 2020 antecipando o projeto de lei sobre o assunto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Está aumentando o número de restaurantes e casas de fast food que querem eliminar a área para fumantes. O mais recente anúncio foi feito pela Mos Burger, na quinta-feira (29). Ela pretende estender a ação para todas as suas lojas da rede.

Rumo às Olimpíadas e Paralimpíadas 2020, o projeto de lei antitabagismo está sendo apreciado pela Dieta nesta sexta-feira (30). Se for aprovado, impedirá o tabagismo passivo nos restaurantes, com a finalidade de proteger o não-fumante. O projeto de lei prevê sanções em caso de não cumprimento.

A rede Mos Burger pretende ir eliminando as atuais áreas para fumantes até março de 2020, nas suas 1,3 mil lojas.

O projeto de lei prevê que é possível instalar uma área para fumantes, desde que a fumaça não vaze para fora.

No segmento dos restaurantes, cafés e bares, a rede McDonald’s já implementou a proibição do fumo em todas as suas lojas. As redes Kentucky e Saizeriya também já anunciaram que implantarão a medida até 2020.

Assim, várias redes se anteciparam na ação antes mesmo do projeto de lei ser aprovado.

Fonte e foto: NHK 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

A incrível jornada de uma câmera perdida no mar

Publicado em 30 de março de 2018, em Ásia

A câmera ficou no mar por 2 anos e graças a uma capa à prova d’água, continuou em perfeita condição de funcionamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A câmera foi parar em uma praia de Taiwan coberta de crustáceos e praticamente irreconhecível (NHK/reprodução)

Em uma extraordinária história de sorte e coincidência, uma câmera perdida no mar por mais de dois anos foi encontrada e será devolvida a sua dona.

Carregada pelas águas, ela foi parar em uma praia de Taiwan coberta de crustáceos e praticamente irreconhecível, mas graças a uma capa à prova d’água, continuou em perfeita condição de funcionamento.

A câmera, que continha mais de 900 imagens, foi encontrada por um grupo de estudantes e sua professora que decidiram tentar localizar o dono ao compartilhar a descoberta no Facebook.

E em um único dia eles conseguiram.

“Não pude acreditar”, disse a dona da câmera Serina Tsubakihara à BBC.

“Fiquei muito surpresa quando meus amigos me disseram sobre isso e me enviaram a postagem com aquelas fotos”.

A estudante universitária japonesa estava de férias na ilha de Ishigaki (Okinawa), que fica a cerca de 250Km ao leste de Taiwan, quando ela deixou a câmera cair.

“Eu estava praticando mergulho e perdi a câmera quando um de meus amigos ficou sem ar e precisou de minha ajuda”.

A odisseia submarina

Isso aconteceu em setembro de 2015 e quando a câmera caiu de suas mãos, Tsubakihara considerou que ela estava perdida para sempre.

Contudo, guardada de forma segura em uma capa, a câmera fez pequenas jornadas por sua conta.

A câmera viajou centenas de quilômetros e eventualmente foi parar em uma praia de Taiwan.

Nessa praia ela foi encontrada por um grupo de estudantes do primário em um dia de atividade que eles estavam limpando o local.

O mais surpreendente é que a criança que encontrou a câmera a ligou e ainda estava carregada.

Encontrando a dona

De volta à escola, a professora e seus alunos discutiram sobre o que fazer com a descoberta.

Como algumas fotos pareciam ser do Japão, a professora e os alunos acharam que o dono poderia ser de lá, então postaram mensagens em chinês e japonês.

Antes de se darem conta, o post havia sido compartilhado mais de 10 mil vezes em um único dia e encontrou seu caminho na direção de Tsubakihara.

A universitária japonesa disse à BBC que planeja ir a Taiwan em junho para agradecer a professora e os alunos e pegar sua câmera perdida há tanto tempo.

Fonte: BBC
Imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades