Variante Delta: cuidados para evitar a infecção

Publicado em 14 de setembro de 2021, em Sociedade

Embora as pessoas comentem que a variante Delta pode ser transmitida pelo ar, não há evidência. As medidas devem ser reforçadas.

&nbspVariante Delta: cuidados para evitar a infecção
SARS-CoV-2 (Wikimedia)

A quinta onda do novo coronavírus no Japão, foi a maior disseminação de infecção desta epidemia. Parece que o pico finalmente passou, mas com a altamente infecciosa variante Delta as pessoas comentam que pode estar no ar. 

Publicidade

No entanto, pesquisadores não encontraram evidências de que pode ocorrer o contágio aéreo. O que se sabe até o momento é que, de fato, é altamente infecciosa e que são necessárias medidas preventivas mais rigorosas.

De acordo com dados internos do CDC, um paciente com Covid-19 pode infectar em média 1,5 a 3,5 pessoas com o vírus convencional, enquanto que com a cepa Delta pode infectar em média 5 a 9,5 pessoas. O mesmo nível de infecciosidade da varicela. 

O professor Kazuhiro Tateda, da Universidade Toho, membro do subcomitê do governo para medidas contra o novo coronavírus, disse que embora seja certo que a cepa Delta seja altamente infecciosa, não foi comprovado que ela contagia pelo ar no momento.

O professor Tateda ressalta que a alta infectividade da cepa Delta pode ser devido à grande quantidade de vírus liberada pelos pacientes com Covid-19.

Quais medidas adotar

&nbspVariante Delta: cuidados para evitar a infecção
Máscara de TNT (NHK)

Partindo da premissa de que a quantidade do vírus é maior, os especialistas recomendam:

  • Usar  máscara de TNT
  • Manter distância entre as pessoas
  • No restaurante, sentar-se na diagonal oposta ao comer ou beber
  • Usar uma máscara ao falar durante a refeição ou reunião
  • É importante tomar medidas como ventilação completa do ambiente, uma ou duas vezes por hora durante 5 a 10 minutos de cada vez, mesmo com o ar-condicionado ligado

Além disso, o professor explica que “foi relatado que o vírus tende a manter sua infecciosidade no ar quando a temperatura está baixa. Deve-se considerar que o risco de infecção aumenta com a queda da temperatura no outono e inverno. É importante adotar medidas minuciosas. Mesmo vacinado, há possibilidade de espalhar a infecção sem saber”.

Fonte: NHK

Neste Artigo:

Vamos comentar?


.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão