Inauguração do aeroporto de Shimojishima, a bola da vez em Okinawa pela sua beleza

A ponte aérea para a ilha dos corais é possível com a inauguração do Aeroporto Miyako Shimojishima, em Okinawa, no sábado. Veja o vídeo!

Praia de Sunayama (à esq.) e Yamatobu Oiwa (à dir.) em Miyakojima – PM

No sábado (30) ocorreu o corte de fitas do Aeroporto Miyako Shimojishima, o paraíso dos corais na Ilha Miyako ou Miyakojima (Okinawa).

Publicidade

Essa pista já existia, sendo a mais longa das ilhas do sul do país, pertencente a Mitsubishi, mas não operava como transporte de passageiros por falta de um terminal.

Assim, em parceria com a LCC-Low Cost Carrier Jetstar, foi inaugurada uma instalação para terminal de passageiros, na ilha Shomoji, ao lado da Irabu. E essa é ligada a Miyakojima por uma linda e extensa ponte de 3,54Km, a segunda maior do país e de tráfego gratuito. Em 20 minutos de carro os turistas chegam na ilha principal.

Dela o turista já pode se encantar com o vasto oceano de cor azul cobalto, salpicado das espumas brancas.

Aeroporto Miyako Shimojishima (Mitsubishi/Travel Vision)

Como o turismo para Miyakojima está em alta já foram lançados voos de Narita (Tóquio), diariamente a partir de ¥6.990 o trecho, e de Kansai (Osaka), a partir de julho deste ano. E no verão deverá estrear o de Hong Kong.

Os turistas vão se deparar com o novo aeroporto com design eco-friendly e bem arejado, todo de madeira.

Além do aeroporto novos hotéis e resorts vêm sendo inaugurados por lá. Miyakojima tem sido vista como a bola da vez em Okinawa por suas belezas, tanto das praias de areias finas e brancas como dos parques. Para quem gosta de mergulho é um paraíso.

Para ler outras matérias de Okinawa toque aqui.

Assista ao vídeo produzido pelo jornal Sankei.

Fontes: Sankei, Mitsubishi e Travel Vision

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Peste suína continua tanto em Gifu quanto em Aichi

Publicado em 1 de abril de 2019, em Sociedade

Os casos de peste suína prosseguem, sendo que em Aichi foram 2 casos em Tahara e Seto. Em Gifu, foi o 13.º local, em Minokamo.

Suinocultura de Minokamo (CBC TV)

A província de Aichi informou no domingo (31) que todos os porcos das fazendas de Tahara e Seto foram sacrificados depois de ter sido constatada peste suína nesses locais.

Publicidade

Foram 1.468 em Seto e 1.014 em Tahara, depois da constatação da peste suína em 29 de março. Mas a desinfecção dos dois locais prossegue até 3 deste mês.

Só na província de Aichi já foram sacrificadas 38,8 mil cabeças o que representam 11% de toda produção. Há preocupação de que isso impacte no aumento de preços da carne suína.

Em Gifu foi constatada infecção em uma suinocultura de Minokamo, depois da informação de que 5 porcos foram encontrados mortos em 29 do mês passado.

Foi o 13.º caso na província e todos os 680 animais foram sacrificados.

Fontes: CBC TV e CTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!