Kiyomizu-dera: passeio em um dos pontos turísticos mais visitados de Quioto

Um mar de cores exuberantes nesse ponto turístico superfamoso do Japão! Veja fotos!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Salão principal do Kiyomizu-dera, o Hondo

As renovações no Kiyomizu-dera foram concluídas em março de 2020 e o salão principal está agora novamente aberto para ser visto.


O passeio inesquecível para apreciar as belas folhas de outono nesse famoso templo em Quioto começa a partir de meados de novembro.

O Kiyomizu-dera (Templo da Água Pura), fundado no ano de 780, é um dos templos mais célebres do Japão. Em 1994 foi adicionado à lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO.

Os tons de vermelho são convidativos para uma bela foto!

O templo Kiyomizu está localizado no distrito de Higashiyama, uma movimentadíssima área turística em Quioto. O outono é uma das épocas de maior fluxo de visitantes.

A área costumava ficar muito movimentada no outono, antes da pandemia de coronavírus

A área da entrada do templo tem um belíssimo hall todo de madeira, colorido com a cor típica do budismo, e com os tradicionais guardiões.

A entrada principal do Kiyomizu-dera, o Nio-mon

Se quer fazer um belo passeio, para apreciar toda a beleza arquitetônica da área do templo, precisa adquirir o ingresso, o qual custa 400 ienes para adulto e 200 ienes para estudantes do primário e ginásio.

Bilheteria

Depois poderá apreciar as edificações e áreas antes de chegar ao salão principal do templo.

O local é movimentado, mas realmente vale a pena visitá-lo!

A espetacular arquitetura do Templo Kiyomizu é admirada desde a antiguidade, toda em encaixe, com uma espécie de plataforma sustentada por pilares de até 13 metros, construída na encosta da montanha.

A plataforma oferece aos visitantes paisagens espetaculares – sakura na primavera e momiji no outono – que surgem em uma mar de cores, assim como uma vista da cidade de Quioto ao fundos.

Visitantes na plataforma do salão principal, o Hondo

Os visitantes se rendem à beleza do colorido de outono, vista da plataforma, mas também podem caminhar pela encosta e apreciar a beleza do imenso jardim bem cuidado.

Os visitantes se encantam com as cores!

É um dos melhores points do colorido de outono. Veja mais fotos.

*Imagens registradas em novembro de 2016
Clique na imagem para expandir

Templo Kiyomizu ou Kiyomizudera

清水寺

  • Horário de visitas: das 6h às 18h (até as 18h30 mos fins de semana e feriados de meados de abril a julho e todos os dias em agosto e setembro)
  • Entrada: ¥400 e ¥200, respectivamente para adultos e estudantes do primário e ginásio
  • Visite a página web (toque aqui para abrir e selecione japonês ou inglês)
  • Toque aqui para abrir o mapa e traçar o seu roteiro
Fotos: PM

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Agência do Consumidor adiciona amêndoa à lista de produtos que podem causar reações alérgicas

Publicado em 23 de setembro de 2019, em Sociedade

A medida ocorre após a agência ter investigado recentemente 4.800 casos de alergia e descoberto que 21 deles estavam relacionados à amêndoas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pote de amêndoas (ilustrativa/banco de imagens)

A Agência de Assuntos do Consumidor do Japão adicionou a amêndoa à lista de alimentos que ela recomenda serem exibidos em rótulos de produtos pelo seu potencial em causar reações alérgicas.

A medida ocorre após a agência ter investigado recentemente 4.800 casos de alergia e descoberto que 21 deles estavam relacionados às amêndoas.

A agência já notificou governos provinciais e municipais sobre a adição das amêndoas à lista.

No Japão, sete itens que incluem ovos e farinha devem ser exibidos em rótulos de alimentos por causa de sua potencialidade alérgena relativamente alta. As marcações de grãos de soja, peixe cavala (mackerel) e outros 18 itens são recomendadas.

As amêndoas foram adicionadas ao segundo grupo. A agência diz que essa é a primeira adição ao grupo desde as sementes de gergelim e castanhas de caju terem sido incluídas há seis anos.

A chefe da agência, Akiko Ito, disse na quinta-feira (19) que recomendará às empresas que adicionem as amêndoas aos rótulos de alimentos assim que possível.

As amêndoas foram adicionadas ao segundo grupo (NHK)

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades