A importância do sono para a saúde mental

A qualidade do sono é ligada diretamente em nossa qualidade de vida. Vamos entender?

Dormir bem e a importância para a saúde (ilustrativa)

Quem de nós em certos momentos de extremo cansaço não pensa em poder chegar em casa, se espalhar na cama e poder dormir profundamente?

Publicidade

É um desejo constante para muitos, ainda mais quando faz parte do dia a dia uma rotina agitada e difícil, longas jornadas de trabalho, muito tempo no transporte, execução de atividades que exigem muito do físico e do mental, entre outras inúmeras situações.

Mas nem sempre deitar significa conseguir dormir bem, não é mesmo? E pensando nisso, você tem se observado e perguntado como anda a qualidade do seu sono?

Compreendendo o sono

O sono e a saúde mental estão ligados e interferem diretamente na qualidade um no outro. A privação de sono afeta o estado físico e mental.

Alguns problemas de saúde mental como exemplo a depressão e a ansiedade, levam a pessoa a quadros de insônia e/ou outros distúrbios.

Segundo a OMS, o sono é um estado fisiológico complexo que não pode ser evitado, não é resultado de uma atividade cerebral reduzida, mas sim um estado de consciência diferenciado. Uma boa qualidade do sono é necessária para a homeostase do nosso corpo, mas cerca de 45% da população mundial sofre com distúrbios do sono e suas consequências.

Benefícios de uma boa noite de sono

Dormir bem é essencial para manutenção da imunidade, favorece o cérebro no processamento de informações, no armazenamento de memórias e nas elaborações de estratégias diárias para resolução de problemas.

Ao contrário, dormir poucas horas alteram os padrões hormonais, como:

  • diminuição da melatonina (regulador do sono, antioxidante e regenerador de neurônios)
  • diminuição da leptina (supressor da ingestão de alimentos e indutor da perda de peso)
  • aumento da grelina (estimulador de apetite)
  • aumento do cortisol (conhecido como hormônio do estresse, o corpo fica alerta, tenso, cansado e a pessoa irritada).

Mudar pequenos hábitos no seu dia a dia, podem contribuir para uma melhora na qualidade do seu sono e consequentemente na melhora da qualidade de sua saúde mental.

  • Estabeleça um horário para dormir, aos poucos o seu corpo acostuma
  • Evite consumir bebidas alcoólicas e estimulantes antes de deitar
  • Um banho quente ou morno poderá ajudar a relaxar
  • Exercite-se diariamente, mas não antes de dormir
  • Desligue aparelhos eletrônicos
  • Garanta condições ideais de temperatura, ruído e luz no quarto
  • Dormir em um colchão ou futon e travesseiros confortáveis
  • Faça boas leituras ou ouça músicas calmas.

Não há dúvidas que noites bem dormidas fazem toda a diferença em nosso bem-estar. A psicologia tem avançado na compreensão da ação do sono sobre as emoções, comportamentos e a saúde como um todo. Não hesite em buscar ajuda quando necessário.

Boas reflexões!

Eliana Nonaka (toque para conectar no Facebook)

Se deseja conversar, desabafar ou busca orientações, entre em contato com a autora e solicite atendimento online. É mais prático e eficaz do que se imagina. Link no card abaixo.

WhatsApp - Facebook

Se deseja conversar, desabafar ou busca orientações, entre em contato com a autora e solicite atendimento online. É mais prático e eficaz do que se imagina. Link no card abaixo.

Os textos publicados nesta página não refletem necessariamente a opinião do Portal Mie, são de criação e responsabilidade do autor Eliana A. C. I. Nonaka

Eliana A. C. I. Nonaka (CRP 06/170575) – Psicóloga formada pela Faculdade FMU Faculdades Metropolitanas Unidas.
Morou no Japão por 14 anos, hoje é atuante no Brasil, inclusive atendendo brasileiros de diversos países de forma online.

Informações pelo WhatsApp: +55-11-96437-6590 (clique para abrir o Whatsapp)

Facebook Messenger: https://www.facebook.com/eliana.correia.104

Instagram: @seusaudavel_psico

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

AMJ adiciona alerta de ‘movimento sísmico prolongado’ antes da ocorrência de terremoto de elevada intensidade

Publicado em 1 de fevereiro de 2023, em Tempo

Entenda como funciona o novo alerta de ‘movimento sísmico prolongado’ a ser emitido antes de um forte terremoto.

Novo alerta preliminar ao terremoto da AMJ, o qual é bom memorizar caso apareça no smartphone

A Agência de Meteorologia do Japão (AMJ) inicia a operação de um novo alerta chamado de movimento sísmico prolongado (長周期地震動, o qual se lê choshuki jishindo).

Publicidade

A operação inicia na quarta-feira (1.º) a partir do meio-dia, com o objetivo de preparar a população antes da ocorrência de um grande terremoto, pois costuma ter tremor lento e de longo período, em movimento lateral.

A AMJ explicou que classificou em 4 níveis de movimento sísmico prolongado, portanto, emitirá o alerta quando se prevê que será nos níveis 3 e 4. Os níveis do alerta preliminar choshuki jishindo são:

  • Nível 1: as coisas suspensas balançam
  • Nível 2: dificuldade em caminhar e as coisas ou objetos não fixados podem cair
  • Nível 3: dificuldade para se manter de pé, móveis com rodinhas se locomovem e objetos não fixados caem 
  • Nível 4: impossível ficar de pé e os móveis não fixados caem

Nessas situações os arranha-céus se movem com mais intensidade nos andares superiores, por isso, a necessidade de alerta preliminar. 

A partir do nível 3 se prevê que as pessoas terão dificuldade para se manter de pé e os móveis e objetos não fixados se movem ou caem.

O movimento sísmico de longo período pode causar grandes tremores mesmo em áreas distantes do epicentro, explicou a AMJ.

Esse alerta preliminar tem o objetivo de evitar que as pessoas entrem em pânico e possam se proteger, estando em casa, no trabalho ou escola, buscando se abrigar sob uma mesa. 

De acordo com a AMJ ocorreram 33 terremotos desde 2000, com movimento sísmico de longo período (choshuki jishindo), de níveis 3 e 4, incluindo o Grande Terremoto do Leste do Japão em 2011, o Terremoto de Chuetsu em Niigata em 2004 e o Terremoto de Kumamoto em 2016. 

Em relação às medidas de segurança em casa, a AMJ recomenda revisar se os móveis estão bem fixados e, na ocorrência de um terremoto, saber como se proteger.

Fontes: ANN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!