Livros eletrônicos em português e outros idiomas de graça em Hamamatsu

A prefeitura de Hamamatsu, em parceira com a Rakuten, oferecerá leitura gratuita de livros eletrônicos em português e outros idiomas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Publicidade

A prefeitura da cidade de Hamamatsu (Shizuoka) anunciou na segunda-feira (6) que está desenvolvendo um projeto para oferecer a leitura de livros eletrônicos gratuitamente para os estrangeiros. A iniciativa é em conjunto com a Rakuten, como forma de desenvolver a sociedade multicultural.

Os estrangeiros da cidade de Hamamatsu já ultrapassaram a marca das 13 mil pessoas. Eles são oriundos de cerca de 80 países diferentes. A grande maioria é brasileira, com uma população de 8,8 mil pessoas.

Como a Rakuten possui uma variedade de obras no formato digital, a prefeitura e a empresa da área de TI, fizeram parceria visando a convivência multicultural.

A prefeitura está na fase de seleção das obras, cerca de 2 mil, em diversos idiomas, incluindo o português, chinês e inglês.

As obras de literatura e os ilustrados para as crianças passarão a ficar disponíveis gratuitamente a partir de fevereiro do ano que vem. O prazo é até outubro de 2019.

Para obter o livro para leitura gratuita – smartphone, tablet ou PC – basta ter o cartão de registro de uma das bibliotecas da cidade.

Fonte: Mainichi 
Foto ilustrativa: Pixabay

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Twitter muda regras após caso do serial killer de Kanagawa

Publicado em 8 de novembro de 2017, em Comportamento

“É proibido qualquer ato de ajuda ou incentivo ao suicídio”, publicou a empresa na página de regras da rede social.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Twitter, Inc., desenvolvedora de rede social de mesmo nome, atualizou as regras de uso após o caso de assassinato e abandono de corpos de 9 pessoas em um apartamento de Zama (Kanagawa). Takahiro Shiraishi, morador do apartamento e autor dos crimes, utilizava a hashtag suicídio para encontrar suas vítimas no Twitter.

Publicidade

A página “Regras do Twitter” (Twitter ルール), que contém todos os pontos importantes relacionados ao uso da rede social, foi atualizada com o item “suicídio ou autoflagelação”. “É proibido qualquer ato de ajuda ou incentivo a suicídio ou autoflagelação”, publicou a empresa.

Item adicionado que explica a mudança nas regras sobre incentivo a suicídio e outros

A Twitter, Inc. explica que, caso seja relatado que algum usuário tenha indícios de suicídio ou autoflagelação, a empresa iria entrar em contato com a pessoa a fim de ajudá-la e passaria o telefone para consulta de organizações parceiras do Twitter.

Contudo, alguns usuários estão insatisfeitos com a mudança. “É melhor impedir que os usuários consigam criar tags de suicídio e outros”, disse um deles. Segundo os responsáveis, a empresa está analisando, tanto internamente quanto externamente, os méritos e deméritos na exclusão de tweets relacionados a suicídio.

Fonte: NHK News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância