Estação de metrô soterrada no 11 de setembro é reaberta após 17 anos

No sábado (8), pessoas foram recebidas na nova estação, renomeada como WTC Cortland, com o primeiro trem operando ao meio-dia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A estação foi renomeada como WTC Cortland Station (MTA via BBC)

Uma estação de metrô na cidade de Nova York reabriu pela primeira vez desde que foi destruída há 17 anos nos ataques terroristas de 11 de setembro.

Publicidade

A Cortland Street na linha 1 foi soterrada quando as torres do World Trade Center desmoronaram após sequestradores colidirem aviões contra elas, matando todos a bordo e muitas das pessoas que trabalhavam nos edifícios.

No sábado (8), pessoas foram recebidas na nova estação, renomeada como WTC Cortland, com o primeiro trem operando ao meio-dia.

Cerca de 3.000 pessoas morreram e outras milhares ficaram feridas no ataque de 2001.

Torres do WTC queimando no dia dos ataques (Wikimedia/Flickr user Michael Foran)

“A WTC Cortland é mais que uma nova estação do metrô” disse em uma declaração o presidente da Autoridade de Transporte Metropolitano da Cidade de Nova York, Joe Lhota.

Para a estação totalmente acessível, que custou US$181.8 milhões de acordo com a New York Times, foi necessária a construção de uma cobertura totalmente nova e 365 metros de trilhos tiveram que ser substituídos.

Ela agora ostenta tecnologia de ponta como um novo sistema de ventilação para manter a plataforma fresca e menos colunas, o que facilita a movimentação dos passageiros.

Suas paredes são adornadas com mosaico de mármore branco, com textos da Declaração de Independência dos EUA e da Declaração de Direitos Humanos das Nações Unidas de 1984.

Fonte: BBC
Imagens: BBC, Wikimedia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Quatro sobrevivem a queda de avião no Sudão do Sul

Publicado em 10 de setembro de 2018, em Notícias do Mundo

O avião de pequeno porte caiu em um lago enquanto tentava pousar em meio a um denso nevoeiro na central do Sudão do Sul no domingo (9).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Destroços do avião que caiu no Lago Yirol (Twitter/CGTN Africa)

Dezenove pessoas morreram quando um pequeno avião de passageiros caiu em um lago enquanto tentava pousar em meio a um denso nevoeiro na central do Sudão do Sul, divulgou a BBC.

Publicidade

Somente quatro pessoas, incluindo duas crianças, sobreviveram a queda, informou o representante do governo Taban Abel Aguek.

Dentre as vítimas fatais estavam o piloto, copiloto, um funcionário da Cruz Vermelha e um bispo anglicano, disse Abel Aguek à AFP.

A aeronave transportava 23 pessoas da capital Juba com destino à cidade de Yirol no domingo (9).

“Quando o avião estava chegando o tempo estava tão nublado e quando tentou pousar caiu no lago Yirol”, disse Abel Aguek.

“A cidade toda está em choque, as lojas estão fechadas e algumas pessoas estavam levando seus parentes para enterrá-los. É um avião comercial que caiu, frisou ele”.

Imagens postadas no Twitter pela Radio Miray mostraram os destroços torcidos da aeronave submersa enquanto pescadores locais usavam canoas para ajudar no resgate.

Em março do ano passado, um avião que viajava de Juba a Wau, no noroeste do país, caiu com 40 pessoas a bordo. Nenhum dos passageiros morreu, mas vários foram levados ao hospital com ferimentos graves.

Fonte: BBC
Imagem: CGTN Africa

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância