Cão de estimação ‘testa positivo’ para coronavírus em Hong Kong

O cão apresentou ‘fraco positivo’ para coronavírus. Testes adicionais serão realizados e se confirmado, o animal seria o primeiro caso de um pet sendo infectado pelo Covid-19.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

(ilustrativa/PM)

Um cão de estimação de uma paciente infectada pelo coronavírus em Hong Kong testou “fraco positivo” para o Covid-19, anunciou o governo da cidade nesta sexta-feira (28).

Publicidade

O positivo do teste, entretanto, poderia ser resultado de contato com os fluidos corporais da dona na boca e nariz do cão, e não necessariamente significa que o animal por si só contraiu a doença.

Um porta-voz do Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação de Hong Kong disse à mídia local que havia recebido um encaminhamento do Departamento de Saúde na quarta-feira (26) para cuidar de um cão que pertencia a um dos 93 pacientes infectados da cidade.

Funcionários do departamento pegaram o cão naquela noite de um flat residencial em Tai Hang e o levaram a uma instalação de animais onde amostras orais, nasais e retais foram coletadas para testar o vírus.

A declaração enfatizou que o cão não apresentou qualquer sintoma e não havia evidência até agora de que animais de estimação poderiam contrair coronavírus ou transmiti-lo às pessoas, divulgou o South China Morning Post.

Em uma conta no Facebook a mulher aparece com um cão da raça Spitz-alemão-anão.

Autoridades disseram que vão monitorar o pet de perto e coletar mais amostras para testes a fim de confirmar se ele foi realmente infectado, ou se foi resultado de contaminação ambiental da boca e nariz do cão.

O cão só será devolvido à sua dona quando os resultados dos testes vierem negativo. Atualmente ele está sendo mantido em quarentena em uma instalação, a qual estará sujeita a procedimentos de limpeza e desinfecção.

Muito ainda é desconhecido sobre o vírus

Muita coisa ainda não se sabe sobre o vírus que está se espalhando em todo o mundo após emergir na central da China em dezembro passado.

Acredita-se que o contágio aos humanos foi a partir de morcegos e o vírus vem se espalhando de várias maneiras, mas o departamento de agricultura de Hong Kong disse que não tem evidência de que animais de estimação podem ser infectados, ou serem uma fonte de infecção para as pessoas.

Se confirmado, o cão seria o primeiro caso de um pet sendo infectado pelo coronavírus em meio a um surto global que agora acomete mais de 82 mil pessoas e causou a morte de cerca de 2,8 mil.

Fontes: nzherald.co.nz, Bloomberg

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Hitachi designa 10 mil funcionários para trabalho em casa por causa das crianças

Publicado em 28 de fevereiro de 2020, em Economia

Com a decisão governamental de suspender as aulas na rede pública a Hitachi designou funcionários para trabalho remoto considerando as crianças.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Para trabalhar em casa basta um laptop, smartphone, internet e compartilhamento de arquivos (Pixnio)

Com a disseminação do novo coronavírus e medida de emergência do governo a fim de contê-la, fechando temporariamente as escolas, a Hitachi levou em consideração os funcionários com filhos. Por isso, decidiu permitir que façam trabalho remoto, a partir de suas casas, informou na sexta-feira (28).

Publicidade

O alvo chega a 10 mil dos 35 mil funcionários no total. São aqueles que têm filhos no primário, ginásio, colegial ou escola especial, para não deixá-los sozinhos nesse período.

São muitas empresas de grande porte e até ministérios que já adotaram um horário mais flexível ou trabalho em casa. No entanto, ainda não se sabe como elas vão fazer diante dessa medida de suspensão temporária das aulas. 

Outras com trabalho remoto

Nem todas as empresas ou repartições públicas podem adotar o trabalho remoto ou teleworking pois nem todas as situações permitem isso. Mas a tendência de adoção desse estilo é grande. 

Depois das empresas de TI-tecnologia de informação, as pioneiras nessa iniciativa, muitas outras como agências de publicidade, seguiram o mesmo caminho, como a do app Line.

Outras mais que anunciaram foram Hitachi, Panasonic, Sony e NEC do setor de eletroeletrônicos. Mas também nos escritórios das indústrias automobilísticas como Nissan e Toyota.

Da área de telecom as maiores como NTT, KDDI e SoftBank também aderiram. 

Outras empresas gigantes como Mitsubishi Shoji, Nissin Shokuhin e Cosmo Energy engrossam a lista. A Unicharm, fabricante de produtos para o cotidiano, decidiu proibir a ida à empresa para 60% dos seus funcionários, cerca de 2 mil pessoas, de 27 deste mês a 6 de março. Por outro lado, na indústria que fabrica máscaras seus funcionários trabalham se revezando nas 24 horas.

Sem viagens para o exterior

As empresas também pedem aos funcionários que se encontram em viagem no exterior para que se apressem em voltar. Outras como a Nestlé proibiram seus executivos de viajar para o exterior a trabalho. 

Em meio ao surto do Covid-19 as empresas da iniciativa privada e também os órgãos públicos repensam a maneira de poupar suas equipes de usarem o transporte coletivo ou de evitar contato em locais de aglomeração de pessoas.

Por outro lado esbarram em problemas como segurança da troca de informações e de não poderem conceder esse tipo de trabalho para todos, tem um limite.

Fontes: NHK, IT Media e IT Impress 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância