Toyota retoma toda produção no Sudeste Asiático

Em outras regiões, as operações em Portugal, Brasil e Venezuela continuam suspensas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Em 2019, a Toyota fabricou cerca de 900 mil veículos no Sudeste Asiático (PM)

A Toyota Motor disse na sexta-feira (12) que reiniciou as operações em plantas na Indonésia e Malásia após uma suspensão devido à propagação do novo coronavírus, retomando toda a produção no Sudeste Asiático.

Publicidade

A segunda maior montadora do mundo em volume retomou as operações em uma planta em Shah Alam, na Malásia, enquanto a subsidiária local P.T. Astra Daihatsu Motor na Indonésia também voltou com as atividades.

A Toyota fabricou cerca de 900 mil veículos no Sudeste Asiático em 2019, cerca de 10 por cento de sua produção global.

A Índia é o único mercado na Ásia onde a produção ainda será retomada. Em outras regiões, as operações em Portugal, Brasil e Venezuela continuam suspensas, disse a Toyota.

Fonte: Kyodo News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Cabo submarino ligará Japão a outros países asiáticos

Publicado em 12 de junho de 2020, em Ásia

O tráfego de dados continua a crescer na Ásia, com mais pessoas trabalhando online de casa devido à pandemia do novo coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cabo submarino que será construído pela NEC ligará Japão, China, Filipinas, Vietnã, Tailândia e Singapura (SoftBank press release)

A NEC Corporation disse na quinta-feira (11) que construirá um cabo submarino de 9.400 quilômetros de comprimento que ligará o Japão a vários outros países na Ásia para atender a uma crescente demanda por conectividade de dados de alta velocidade.

Publicidade

O cabo destacando várias fibras óticas conectará Japão, China, Filipinas, Tailândia, Singapura e Vietnã, disse a NEC, que foi atribuída a construí-lo pelo consórcio Asia Direct Cable – ADC, formado por grandes companhias de telecomunicação incluindo a SoftBank e a China Telecom.

A NEC disse que o cabo, com cronograma de construção até o quarto trimestre de 2022, suprirá a crescente demanda por transmissão de dados de alta capacidade conduzida por avanços tecnológicos como redes 5G e inteligência artificial. Ela não revelou o valor do contrato com o consórcio.

Tráfego de dados continua a crescer na Ásia, com mais pessoas trabalhando online de casa devido à pandemia do novo coronavírus.

“O sistema ADC fornece a mais alta capacidade de cabos e diversidade necessária para principais centros de informação da Ásia, o qual permitirá a operadoras e fornecedoras de serviços a planejarem melhor suas redes e serviços para um desenvolvimento sustentável”, disse Chang Weiguo, copresidente do consórcio da China Telecom, em uma declaração da NEC.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância