Condição favorável para imperdível chuva de meteoros

As Gemínidas são uma das mais belas, ao lado das Perseidas e Quadrântidas. Veja quando e como pode vê-las para fazer seu pedido especial.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de meteoro (Pikist)

A atividade das Gemínidas deve atingir seu pico na segunda-feira (14), segundo a previsão. É uma das mais belas chuva de meteoros para ser apreciada. 

Publicidade

Como no Japão começa a Lua Nova no dia seguinte as condições para apreciar esse show celeste são muito favoráveis, pois a luz lunar será bem menos intensa, se comparada à Cheia.

Segundo o NAOJ-Observatório Astronômico Nacional do Japão na noite de domingo (13) até antes do amanhecer de segunda-feira, se escolher um local escuro poderá chegar a ver 55 estrelas cadente (meteoros) em uma hora. 

Como procurar o ponto de radiação (NAOJ)

Se não se importar em ver menos, cerca de 20 em uma hora, pode ser nas noites de sábado (12) e segunda-feira, começando por volta das 20h, aumentando por volta das 22h e com pico depois da meia-noite. 

Os meteoros não aparecem apenas na direção do ponto de radiação, mas em todo o céu. Como não é possível dizer o ponto exato para a observação a sugestão do observatório é tentar olhar para uma ampla área do céu tanto quanto possível. 

Também é uma boa ideia manter a observação por pelo menos 15 minutos até que os olhos se acostumem com a escuridão da noite, ao ar livre. 

Para isso basta estender uma canga, toalha ou colchonete no chão e deitar-se olhando para o céu. Dependendo de onde estará poderá fazer muito frio, portanto, recomenda-se ir bem agasalhado e levar bebida quente para se aquecer. 

Lembre-se de fazer um pedido ao ver a estrela cadente. Boa sorte! 

Fonte: NAOJ

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Prisão de 61 prostitutas de 17 a 64 anos

Publicado em 8 de dezembro de 2020, em Sociedade

Além delas os que recebiam como taxa do ponto, em área pública, também foram algemados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Izumi no Hiroba renovado em dezembro do ano passado, no lugar da fonte de água a Water Tree, de LED (PR Times)

A Polícia da Província de Osaka informou que prendeu 61 mulheres, da faixa etária de 17 a 64 anos, por prostituição na área chamada Izumi no Hiroba, em Umeda, um dos points da capital da província, segundo o noticiário ABC News de segunda-feira (7).

Publicidade

As prisões em flagrante ocorreram entre maio do ano passado a fevereiro deste ano. São estudantes, donas de casa e assalariadas de Osaka, Quioto ou Hyogo que se vendiam nas imediações do local público, com a finalidade de pagar dívida, obter dinheiro para diversão ou para o próprio sustento.

Para a polícia esse foi um problema de longa data, onde elas chamavam clientes em um local que não poderia ser usado para esse fim e foi totalmente renovado há um ano. Não faltavam reclamações dos comerciantes locais para que fossem retiradas. Mas, para elas era um local apropriado pois nas imediações há muitos hotéis.

Como taxa de utilização do local as mulheres pagavam 5 mil ienes por dia para integrantes do grupo de yakuza, os quais também foram presos. Em 5 meses esses malfeitores teriam levantado 22,5 milhões de ienes. Há possibilidade de que a prostituição nesse local servia de fonte de renda dos gângsters. 

Fontes: ABC News e Nikkei Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância