Dispositivo de empresa japonesa elimina 99,99% do coronavírus em 30 segundos

A empresa espera usá-lo em purificadores de ar, sistemas de ar-condicionado e outros equipamentos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um diodo emissor de luz (LED) com a habilidade de neutralizar 99,99% de partículas de coronavírus quando projetado sobre superfícies por 30 segundos sob certas condições foi desenvolvido por uma empresa japonesa.

Publicidade

A Nichia Corp., sediada em Anan (Tokushima), está pronta para produzir o LED em massa, e aparentemente espera usá-lo em purificadores de ar, sistemas de ar-condicionado e outros equipamentos.

De acordo com a companhia, o LED emite luz ultravioleta (UV) profunda com um comprimento de onda de 280 nanômetros, e tem uma produção óptica de 70 milliwats.

É dito que a inativação de partículas do vírus é mais eficaz a um comprimento de onda de 260 nanômetros, mas a produção óptica cai a comprimentos de ondas mais curtos, que reduziria a vida útil da UV profunda do LED.

A companhia diz que a 265nn, o LED tem uma vida útil estimada de cerca de 2 mil horas. A 280nn, isso pode ser expandido em cerca de 10 vezes, para cerca de 20 mil horas.

O produto experimental Handy UV emitter usa 12 LEDs de UV profunda cujas produções ópticas foram elevadas para 70mW após ajustar o comprimento de onda para 280nm.

O Handy UV emitter, produto experimental, que pode neutralizar partículas do vírus em 30 segundos, é mostrado na imagem da Nichia Corp. (Mainichi)

Um teste feito pela Universidade de Tokushima descobriu que 99,99% de partículas do vírus sobre superfícies foram neutralizadas quando atingidas com as ondas UV profundas por 30 segundos a uma distância de 5cm.

Também foi confirmado que a luz UV com um comprimento de onda de 280nm teve a mesma eficácia como aquelas com comprimento de onda de 260nm, devido à produção óptica maior. A firma disse que a vida útil expandida do LED que resultou de ajustes tornou os produtos prontos para aplicação prática.

A Nichia doou 20 dos itens experimentais ao Governo Provincial de Tokushima, assim como 30 para a Universidade de Tokushima, e vem discutindo planos para desenvolver e vender produtos usando o LED de UV profunda com fabricantes japonesas.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Medicamento japonês é eficaz contra Covid-19, mostra estudo britânico

Publicado em 11 de janeiro de 2021, em Notícias do Mundo

Pesquisadores do Imperial College London reportaram suas descobertas de um ensaio clínico do medicamento para artrite reumatoide.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Actemra, também conhecido como tocilizumabe, é usado para tratar artrite reumatoide (NHK)

Uma equipe de pesquisa sediada no Reino Unido diz que um medicamento contra artrite desenvolvido no Japão pode melhorar significantemente a taxa de sobrevivência de pacientes de Covid-19 em estado da grave.

Publicidade

Pesquisadores do Imperial College London e de outros lugares reportaram suas descobertas de um ensaio clínico do medicamento para artrite reumatoide, o Actemra, também conhecido como tocilizumabe.

Eles dizem que enquanto a taxa de mortalidade foi de 35,8% para cerca de 400 pacientes em um grupo de controle, ela foi reduzida em mais de 7 pontos, para aproximadamente 28%, para 350 pessoas que receberam o medicamento.

O grupo disse que um outro medicamento para artrite reumatoide também apresentou efeito similar.

O Actemra foi desenvolvido pela Universidade de Osaka e a Chugai Pharmaceutical, dentre outros. Espera-se que ele ajude a inibir a reação exagerada do sistema imune.

O governo britânico disse em seu site que ele encoraja o uso de medicamentos para tratar pacientes de Covid-19 em unidades de terapia intensiva.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância