Shiga: rodovia 1 fechada pelo deslizamento, por isso, trecho da Meishin liberada

Os motoristas podem usar um trecho da via expressa Meishin para trafegar, já que essa parte da rodovia 1 deverá ser liberada somente após quarta-feira.

Deslizamento cai sobre rodovia 1, em Shiga (Kyoto Shimbun)

O Escritório Nacional de Rodovias de Shiga do Ministério de Terras, Infraestrutura, Transporte e Turismo anunciou na noite de segunda-feira (16) que a rodovia nacional número 1, na fronteira entre as províncias de Shiga e Quioto, continuará fechado para tráfego. 

Publicidade

O motivo é que ocorreu um deslizamento por causa das chuvas fortes, e a rodovia está com detritos. Como há risco de fortes chuvas também na terça-feira (17), a previsão é que o trecho da rodovia seja liberado somente entre os dias 18 a 20.  

O trecho fica a cerca de 5km de Motomiya 2-chome, entrada da rampa da cidade de Otsu-Fujio Minami, em Yokogi, cidade de Otsu (Shiga).

Os trabalhos de restauração, como remoção de terra e areia e proteção de canais de drenagem, continuaram no domingo e na segunda-feira, mas não há perspectiva de liberação.

Por este motivo, a via expressa Meishin, entre as IC de Kyoto-Higashi e Otsu, está aberta gratuitamente. No entanto, se o motorista trafegar em outros trechos, esses serão cobrados.  As motocicletas abaixo de 125㏄ não podem passar.

Fonte: Kyoto Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Menino de 5 anos cai da janela do terceiro andar do hotel

Publicado em 17 de agosto de 2021, em Sociedade

O menino estava com sua família, para lazer. Caiu da janela e foi encontrado pela mãe.

Fachada do hotel onde o menino caiu (KTV)

Por volta das 18h40 de domingo (15), em um hotel ao estilo japonês (ryokan), em Kurodani, cidade de Kato (Hyogo), a mãe de 37 anos, encontrou seu filho de 5 anos caído no chão de concreto, na área externa. Pediu a um funcionário para ligar para o 119, informando que estava com parada cardiorrespiratória. 

Publicidade

O menino teve lesões no corpo todo pelo impacto e sua morte foi confirmada no hospital, cerca de 3 horas depois.  

O menino foi identificado como Yuma Okuno, de Izumi (Osaka). A família de 5 pessoas, pais e as crianças, estava hospedada no ryokan desde esse dia. A mãe percebeu que o filho não estava no quarto e foi procurá-lo.

A Delegacia de Kato acredita que ele tenha caído acidentalmente no chão, cerca de 10 metros abaixo da janela do quarto do 3.º andar, pois perto da janela havia uma cadeira. 

Fontes: KTV e Kobe Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!