Pandemia de Covid-19 custará ao turismo global US$2 trilhões em 2021

Além de causar restrições de viagem relacionadas ao vírus, o setor também está lutando contra um golpe econômico causado pela pandemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O setor global de turismo já perdeu US$2 trilhões em lucros no ano passado devido à pandemia (ilustrativa/banco de imagens)

A pandemia de coronavírus custará à indústria do turismo global US$2 trilhões em receitas perdidas no ano de 2021, disse o órgão relacionado das Nações Unidas nesta segunda-feira (29), chamando a recuperação do setor de “frágil” e “lenta”.

Publicidade

A previsão feita pela Organização Mundial do Turismo – UNWTO sediada em Madri ocorre enquanto a Europa está lutando contra um aumento de infecções e a nova variante da Covid-19, a ômicron, que se espalha pelo globo.

Chegadas internacionais de turistas neste ano continuam entre 70% e 75% abaixo das cerca de 1,5 bilhão registradas em 2019 antes da pandemia, um declínio similar ao de 2020, de acordo com o órgão.

O setor global de turismo já perdeu US$2 trilhões em lucros no ano passado devido à pandemia, de acordo com a UNWTO, tornando-o um dos setores mais afetados pela crise de saúde.

O coronavírus é sem precedentes em sua propagação geográfica.

Além de causar restrições de viagem relacionadas ao vírus, o setor também está lutando contra um golpe econômico causado pela pandemia, aumento nos preços do petróleo e a interrupção de redes de fornecimento, disse a UNWTO.

Fonte: Japan Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Primeira geada nas cidades de Gifu, Shizuoka e Nagoia

Publicado em 29 de novembro de 2021, em Tempo

Domingo foi o dia literalmente mais gelado da região Tokai, com os primeiros gelo e geada.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Planta com geada, no Parque Meijo, cidade de Nagoia (CTV)

As plantas e prados em algumas cidades da região Tokai receberam uma camada de gelo ou de geada, pela primeira vez neste outono com temperaturas mais baixas em consequência do efeito La Niña.

Publicidade

Nas cidades de Shizuoka e Hamamatsu (Shizuoka), as temperaturas mínimas de domingo (28) foram de -3 e -1ºC, respectivamente, as mais baixas da história observadas em novembro. Também foram confirmados os primeiros gelo e geada, 20 dias antes da época normal. 

Não foi diferente em Nagoia (Aichi) e Gifu (província homônima). As temperaturas mínimas registradas foram de 2 e 1ºC, respectivamente, típicas de inverno e as mais baixas deste outono.

As primeiras geadas de Nagoia e Gifu ocorreram 12 e 9 dias antes da época normal, respectivamente.

E o primeiro gelo desta temporada em Nagoia ocorreu 19 dias antes do previsto. 

Em Takayama (Gifu), a mínima da manhã foi de -1ºC e a cidade amanheceu branca, com acúmulo de neve.

Fontes: SATV, WeatherNews, CTV, CBC TV e Tokai TV 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância