Companhias da Japan Railways cortarão serviços de trem em meio à pandemia

Empresas ferroviárias estão ajustando os serviços devido a quedas nos números de usuários e mudanças nos estilos de vida dos passageiros.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um trem da JR East em Tóquio (banco de imagens)

A East Japan Railway (JR East), que serve a área metropolitana de Tóquio, e a West Japan Railway (JR West), que opera na região oeste do arquipélago, cortarão o número de trens durante as horas de pico da manhã no ano que vem após a pandemia de coronavírus ter levado a uma queda no número de passageiros.

Publicidade

Empresas ferroviárias em todo o Japão estão ajustando os serviços devido a quedas nos números de usuários e mudanças nos estilos de vida dos passageiros com a propagação da Covid-19.

A JR East reduzirá os serviços em 1 para 4 trens por hora em 16 linhas na área de Tóquio a partir de março.

Em relação aos serviços de shinkansen, a JR East reduzirá o número de trens operados regularmente em 25, para 324, o maior corte desde a criação da companhia através da privatização em 1987.

A JR West também reduzirá serviços regulares a partir de março ao cortar serviços de trem e encurtar rotas incluindo aquelas na área metropolitana de Osaka.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão promulga orçamento extra recorde de ¥36 trilhões para o ano fiscal de 2021

Publicado em 20 de dezembro de 2021, em Sociedade

O valor é destinado a financiar sobretudo o mais recente pacote para colocar a economia de volta em um caminho sólido de recuperação.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cédulas de 10 mil ienes (banco de imagens)

O parlamento do Japão promulgou nesta segunda-feira (20) um orçamento suplementar de ¥36 trilhões (US$320 bilhões) para o ano fiscal de 2021, financiando principalmente o mais recente pacote para colocar a economia afetada pela pandemia de coronavírus de volta em um caminho sólido de recuperação.

Publicidade

O orçamento aloca ¥31,6 trilhões para o novo plano de estímulo do governo, o qual foi revelado em meados de novembro, com o gasto fiscal totalizando um recorde de ¥55,7 trilhões.

Do total, ¥18,6 trilhões estão separados para medidas a fim de reduzir a propagação do vírus e dar suporte a instituições médicas.

Para mais promoção do programa de vacinação do governo e obtenção de medicamentos para tratar a Covid-19, ¥1,3 trilhão e ¥601,9 bilhões estão reservados, respectivamente.

Cerca de ¥1,2 trilhão será usado para o programa de distribuição de ¥100 mil em dinheiro e cupons para crianças e jovens com idade igual ou superior a 18 anos.

Para impulsionar o setor do turismo doméstico, ¥268,5 bilhões estão alocados para reiniciar o programa de subsídios de viagem Go To Travel.

Sob o orçamento extra, ¥617 bilhões devem ser usados para ajudar fabricantes de chips a construírem bases de fabricação no país ao financiar metade dos custos.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância