Segunda-feira: 151 testam positivo

A maioria das províncias teve 0 de novos casos de infecção, mas em Hokkaido e Gunma houve aumento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Em 19 províncias e aeroportos 151 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus, na segunda-feira (20)

Publicidade

Foram 14 em Hokkaido, 17 em Kanagawa, 11 em Tóquio e em Gunma, 5 em Chiba, e 2 em Ibaraki, Tochigi e Saitama.

Foram 3 em Osaka, 5 em Quioto, 1 em Hyogo e em Shiga, 4 em Nagano, 3 em Fukuoka e 2 em Okinawa.

Na região Tokai foram 3 em Aichi. Mie, Gifu e Shizuoka não tiveram nenhum novo caso.

A província de Kanagawa teve um óbito.

São 644 pacientes em tratamento, dos quais 27 estão em estado grave.

Em contrapartida, o total de pessoas recuperadas aumentou para 1.709.961. 

Na quinta-feira (16) foram realizados 24.068 testes PCR.

Dados por província, de segunda-feira (NHK)

Fontes: News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Companhias da Japan Railways cortarão serviços de trem em meio à pandemia

Publicado em 20 de dezembro de 2021, em Sociedade

Empresas ferroviárias estão ajustando os serviços devido a quedas nos números de usuários e mudanças nos estilos de vida dos passageiros.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um trem da JR East em Tóquio (banco de imagens)

A East Japan Railway (JR East), que serve a área metropolitana de Tóquio, e a West Japan Railway (JR West), que opera na região oeste do arquipélago, cortarão o número de trens durante as horas de pico da manhã no ano que vem após a pandemia de coronavírus ter levado a uma queda no número de passageiros.

Publicidade

Empresas ferroviárias em todo o Japão estão ajustando os serviços devido a quedas nos números de usuários e mudanças nos estilos de vida dos passageiros com a propagação da Covid-19.

A JR East reduzirá os serviços em 1 para 4 trens por hora em 16 linhas na área de Tóquio a partir de março.

Em relação aos serviços de shinkansen, a JR East reduzirá o número de trens operados regularmente em 25, para 324, o maior corte desde a criação da companhia através da privatização em 1987.

A JR West também reduzirá serviços regulares a partir de março ao cortar serviços de trem e encurtar rotas incluindo aquelas na área metropolitana de Osaka.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância