Governo continua pedindo para economizar energia elétrica em Kanto

Para evitar um apagão em larga escala, outras companhias cooperaram no fornecimento, além do esforço das famílias e empresas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de luz de vela (Wikimedia)

O governo continua pedindo às famílias e empresas da região Kanto que economizem o consumo de eletricidade, mantendo o alerta pois a situação de oferta e demanda de energia continua imprevisível na quarta-feira (23). 

Publicidade

Na noite anterior havia risco de apagão em larga escala na região Kanto, mas foi evitado pela cooperação de outras companhias e também pelo esforço das famílias e empresas, informou a TEPCO.

A Chubu Electric Power forneceu eletricidade a TEPCO das 16h00 à meia-noite de terça-feira, de 300 mil quilowatts.

A OCCTO, que regula a oferta e demanda de energia elétrica em todo o país, instruiu cinco empresas de energia elétrica, incluindo a Chubu Electric Power, a dar suporte a TEPCO após as 15h de terça-feira.

O motivo é porque o terremoto afetou algumas unidades das usinas de Fukushima, conforme foi divulgado na terça-feira.

Províncias sob a jurisdição da TEPCO (NHK)

Fontes: CTV e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Toyota Motor prorroga a paralisação e isso afetará a produção de 30 mil unidades

Publicado em 23 de março de 2022, em Economia

Na soma do mês, a montadora Toyota irá deixar de produzir mais de 50 mil unidades, o que pesa na expectativa de cumprimento da meta.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Frente do Aqua (HP)

A Toyota Motor anunciou na terça-feira (22) a prorrogação da paralisação em parte das 18 linhas de suas 11 plantas domésticas. Em anúncio anterior, no sábado, a montadora havia informado que seria um período de 3 dias, de 21 a 23 deste mês, por causa dos danos causados pela ocorrência do terremoto em Fukushima na noite de 16.

Publicidade

No entanto, informou que 8 linhas de 6 plantas terão produção suspensa também nos dias 24 e 25, incluindo a de Takaoka, na cidade de Toyota (Aichi).  

Em relação à produção após o dia 25, a Toyota Motor irá decidir ao conferir o status de seus fornecedores.

Embora as plantas da Toyota não tenham sofrido grandes danos com o terremoto, os seus fornecedores de peças foram afetados, o que dificulta a aquisição por parte da montadora.   

Assim, a produção de veículos afetada pelo terremoto aumentou de 20 para 30 mil unidades. 

As plantas da Toyota Motor East Japan, em Ohira (Miyagi) e a de Iwate, na cidade de Kanegasaki, retomarão as operações na quinta-feira (24). No total são 10 linhas de 5 plantas que voltarão nesse dia.

Se não ocorrer mais nenhuma paralisação em março, nas 18 linhas de suas 14 plantas domésticas, o volume de produção previsto será reduzido ao total de 60 mil unidades. Na primeira quinzena foi por causa da escassez dos semicondutores e na segunda o motivo foi o terremoto. 

Fontes: Nikkei, Asahi e Yomiuri 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância