Japonês é preso por esconder cadáveres do pai e avô

Segundo a autópsia, os dois morreram há mais de 10 anos. O japonês enterrou o pai e o avô encontrados já mortos em frente à casa onde moravam.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Ucrânia diz que mais de 2 mil civis foram mortos pelas forças russas

Publicado em 3 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Mais de 2 mil civis morreram em invasão russa, diz serviço de emergência da Ucrânia. Nações Unidas reportam número bem menor.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Mais de 2 mil civis ucranianos foram mortos até agora durante a invasão russa em andamento, disse o Serviço de Estado de Emergência da Ucrânia – SEEU- na quarta-feira (2).

Publicidade

“Mais de 2 mil ucranianos morreram, sem contar nossos defensores”, disse o serviço em uma declaração.

Crianças, mulheres e nossas forças de defesa estão perdendo suas vidas a cada hora”, acrescentou a declaração.

De acordo com o serviço, certas infraestruturas de transporte, casas, hospitais e jardins de infância foram “destruídos” por forças russas nos últimos 7 dias.

Enquanto isso, o número das Nações Unidas de mortes de civis reportada é bem menor do que “os mais de 2 mil”, embora a organização tenha advertido que o número real é provavelmente “bem maior”.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos disse na terça-feira (1º) que mais de 500 vítimas civis haviam sido reportadas na Ucrânia pela organização – incluindo pelo menos 136 civis mortos e 400 civis feridos.

“A maioria dessas fatalidades foram causadas pelo uso de armas explosivas com uma ampla área de impacto, incluindo o bombardeio a partir de artilharia pesada e vários sistemas de lançamentos de mísseis e ataques aéreos”, disse o escritório das Nações Unidas em uma declaração na terça-feira.

“Essas são apenas as fatalidades que conseguimos verificar, e o número real é provavelmente bem maior”.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância