Assembleia-Geral da ONU aprova resolução deplorando a Rússia

A votação após 3 dias de reunião na assembleia extraordinária da ONU, 141 países votaram a favor da paz na Ucrânia, exigindo que a Rússia pare com o ataque.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Publicidade

Depois de três dias de discursos na Assembleia-Geral da ONU-Organização das Nações Unidas, em reunião especial de emergência, em defesa da paz e segurança, o resultado na quarta-feira (2) foi a aprovação de uma resolução deplorando a Rússia pela invasão da Ucrânia.

Foram 141 votos a favor, incluindo Japão e Estados Unidos; 35 abstenções e 5 contra. Entre os países contra estão Rússia, Bielorrússia e Síria. Os que se abstiveram de votar foram China, Cuba, Irã, Iraque, Paquistão, Vietnã, além de outros, muitos da África.

Escolheram o lado certo da história

“Louvo a aprovação pela Assembleia Geral da ONU com uma maioria sem precedentes de votos da resolução com uma forte exigência a Rússia para que pare imediatamente o ataque traiçoeiro a 🇺🇦. Sou grato a todos e a todos os Estados que votaram a favor. Escolheram o lado certo da história”, publicou o presidente Volodymyr Zelensky no Twitter.

https://twitter.com/ZelenskyyUa/status/1499072011729096705

Essa resolução não é juridicamente vinculativa mas acentua o isolamento da Rússia pelos Estados membros da ONU.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse: “O território e a soberania da Ucrânia devem ser respeitados de acordo com a Carta das Nações Unidas. Não há mais tempo. Faremos o possível para iniciar imediatamente as negociações para a paz“.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japonês é preso por esconder cadáveres do pai e avô

Publicado em 3 de março de 2022, em Crime

Segundo a autópsia, os dois morreram há mais de 10 anos. O japonês enterrou o pai e o avô encontrados já mortos em frente à casa onde moravam.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância