Toyota suspende produção de veículos na Rússia

As ações da Toyota ocorrem enquanto várias companhias começam a abandonar a Rússia após ela invadir a Ucrânia.

A Toyota também suspendeu exportações para a Rússia (banco de imagens)

A Toyota suspenderá a produção de automóveis na Rússia a partir de sexta-feira (4), visto que ela tem dificuldades em adquirir peças do exterior em meio a sanções contra o país.

Publicidade

A principal montadora do Japão disse na quarta-feira (3) que também suspendeu exportações para a Rússia, citando interrupções das redes de fornecimento.

Líder no mercado de automóveis da Rússia, a Toyota produziu cerca de 800 mil veículos no ano passado em sua planta de São Petesburgo no oeste do país, incluindo o SUV RAV4 e o sedan Camry. As operações nessa planta dependem de aproximadamente 40% de componentes importados.

As vendas de veículos continuarão até os estoques se esgotarem. A Toyota continuará a oferecer manutenção e outros serviços na Rússia.

As ações da Toyota ocorrem enquanto um crescente número de companhias começaram a abandonar a Rússia após ela invadir a Ucrânia.

Fonte: Asia Nikkei

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Assembleia-Geral da ONU aprova resolução deplorando a Rússia

Publicado em 3 de março de 2022, em Notícias do Mundo

A votação após 3 dias de reunião na assembleia extraordinária da ONU, 141 países votaram a favor da paz na Ucrânia, exigindo que a Rússia pare com o ataque.

Publicidade

Depois de três dias de discursos na Assembleia-Geral da ONU-Organização das Nações Unidas, em reunião especial de emergência, em defesa da paz e segurança, o resultado na quarta-feira (2) foi a aprovação de uma resolução deplorando a Rússia pela invasão da Ucrânia.

Foram 141 votos a favor, incluindo Japão e Estados Unidos; 35 abstenções e 5 contra. Entre os países contra estão Rússia, Bielorrússia e Síria. Os que se abstiveram de votar foram China, Cuba, Irã, Iraque, Paquistão, Vietnã, além de outros, muitos da África.

Escolheram o lado certo da história

“Louvo a aprovação pela Assembleia Geral da ONU com uma maioria sem precedentes de votos da resolução com uma forte exigência a Rússia para que pare imediatamente o ataque traiçoeiro a 🇺🇦. Sou grato a todos e a todos os Estados que votaram a favor. Escolheram o lado certo da história”, publicou o presidente Volodymyr Zelensky no Twitter.

Essa resolução não é juridicamente vinculativa mas acentua o isolamento da Rússia pelos Estados membros da ONU.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse: “O território e a soberania da Ucrânia devem ser respeitados de acordo com a Carta das Nações Unidas. Não há mais tempo. Faremos o possível para iniciar imediatamente as negociações para a paz“.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros