Primeiras flores de cerejeira em Tóquio, a sexta do país

Para quem reside na região Kanto pode se programar para apreciar as esperadas cerejeiras floridas, pois as primeiras já desabrocharam.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As primeira flores em Tóquio, às 13h30 de domingo (WeatherNews)

Foi anunciado no domingo (20) o desabrochar das primeiras flores de cerejeira do Santuário Yasukuni em Tóquio. A primeira floração ocorreu 4 dias antes do normal, pela elevação da temperatura.

Publicidade

Esse foi o sexto anúncio da primeira floração de sakura, da variedade Someiyoshino no Japão. As primeiras flores foram em Fukuoka, no dia 17; seguidas de Miyazaki no dia seguinte; Kochi e Saga no sábado e Kumamoto no domingo. 

A AMJ-Agência Meteorologia do Japão e os respectivos observatórios estabelecem uma árvore, chamada de amostra, por região. Quando 5 ou 6 desabrocham são anunciadas como a primeira floração de sakura.  

Quando 80% das flores de sakura desabrocham, considera-se o ápice da floração. Geralmente leva cerca de uma semana desde o anúncio das primeiras flores até o que se chama mankai (満開), a plena floração.

Fonte: WeatherNews

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Rússia usa míssil hipersônico pelo segundo dia consecutivo no ataque a Ucrânia

Publicado em 21 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Esse míssil hipersônico voa a uma velocidade 5 vezes maior do que a velocidade do som.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fotos do Serviço de Emergência do Estado, de domingo, via Telegram

Na Ucrânia, onde os combates da Rússia estão se intensificando, os danos a civis estão se expandindo, incluindo o bombardeio de uma escola de arte que servia de abrigo às pessoas que perderam suas casas, em Mariupol, no sudeste, no domingo (20).

Publicidade

Promotores ucranianos disseram no domingo que o ataque militar russo matou 115 crianças até agora.

Em Mariupol, parte sudeste do feroz campo de batalha, autoridades locais anunciaram no dia 20 que uma escola de arte onde cerca de 400 crianças e mulheres estavam abrigadas foi bombardeada. Assista ao vídeo (no final da matéria) e veja a cidade cinzenta e deserta, toda destruída.

Por outro lado, o Ministério da Defesa da Rússia anunciou no sábado que destruiu uma base de armazenamento de combustível no sul da Ucrânia usando o míssil hipersônico Kinzhal, o qual é tido como difícil de ser interceptado. Veja o post do ministério russo informando sobre isso 

O secretário de Defesa dos EUA, Austin, analisou isso como “provavelmente tentando recuperar o impulso”, mas enfatizou que “não acho que mísseis hipersônicos farão uma grande diferença na situação de guerra”.

Na região de Zhytomyr, três pessoas ficaram feridas e 13 edifícios foram danificados como resultado de um ataque aéreo russo.

Nessas circunstâncias, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, fez um discurso online no parlamento do Oriente Médio Israel no domingo, no qual acusou a Rússia de agir como a Alemanha nazista.

Mencionou que Israel possui um excelente sistema de defesa aérea e pediu armas. Também argumentou que a pressão sobre a Rússia, como sanções econômicas, deve ser aumentada.

O presidente Zelensky pediu até agora apoio nos parlamentos de países ocidentais, como Estados Unidos e Reino Unido, e fará um discurso no parlamento japonês no dia 23.

Assista ao vídeo.

Fontes: NNN e Ukrinform

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância